Mudanças

José Roberto Maciel assume presidência do Grupo Silvio Santos

A troca acontecerá em abril


José Roberto Maciel de camisa cinza posando para foto com os braços cruzados
José Roberto Maciel trabalha há mais de 20 anos no Grupo Silvio Santos - Gabriel Cardoso/SBT

O Grupo Silvio Santos anunciou que terá mudanças em sua cúpula. Segundo informações do colunista Flávio Ricco, do R7, José Roberto Maciel assumirá a presidência das empresas do dono do Baú, cargo que está vago há mais de seis meses. Com a saída de Guilherme Stoliar, em agosto do ano passado, esperava-se que Renata Abravanel ficasse no posto, mas a filha de Silvio Santos seguirá como presidente do Conselho de Administração.

A mudança acontecerá no dia 4 de abril e Maciel comandará o Grupo, que é formado por SBT, Jequiti, Liderança Capitalização (Telesena) e Sisan, entre outras empresas. O CEO do SBT seguirá ainda como vice-presidente da emissora. Leia a nota completa:

[[Renata Abravanel, Presidente do Conselho de Administração]["Comunico que a partir de 4 de abril, José RS Maciel assumirá a Presidência do Grupo Silvio Santos, acumulando a Vice-Presidência do SBT. Esse movimento faz parte da estratégia de crescimento e fortalecimento do Grupo, onde seguirei dedicada à Presidência do Conselho de Administração. Maciel tem uma história de grandes realizações na companhia, o que agora será maximizado com sua atuação na Presidência. A Família Abravanel e o conselho de Administração desejam ao Maciel sucesso em seus novos desafios.")]

Quem é José Roberto Maciel?

José Roberto Maciel assume presidência do Grupo Silvio Santos

José Roberto Maciel é CEO do SBT há cerca de 10 anos, mas trabalha no Grupo Silvio Santos há mais de 20. Em entrevista ao Meio & Mensagem em 2020, Maciel falou sobre o incômodo que sente em relação à imagem que algumas pessoas fazem da emissora, de que é um canal estagnado em relação às transformações que acontecem na indústria midiática. 

"O SBT sempre se move. Ainda existe uma sensação de que, por termos em nosso elenco ‘meninos’ como Silvio Santos, Carlos Alberto de Nóbrega e Raul Gil, a emissora é estagnada e cheira à naftalina. Isso não é verdade e, se fosse a realidade, não teríamos ganhado market share de 2015 para cá. Esse crescimento foi fruto das novas plataformas e de uma estratégia de comunicação das marcas que já começam a olhar para as mídias de forma 360º. Começamos um grande trabalho de readequação de custos e a construção de uma estratégia que posiciona o SBT como uma plataforma de distribuição de conteúdo, em meios diferentes. É um trabalho que já fazemos há 11 anos com o YouTube", destacou, em trecho da conversa.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias