Reportar erro
Ex-globais

HBO Max planeja montar banco de atores com nomes de peso

Gigante do streaming vai investir forte na dramaturgia

Grazi Massafera de batom vermelho e Selton Mello como Dom Pedro II
Grazi Massafera e Selton Mello estão na mira da HBO Max - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 01/11/2021 às 08:45:13,
atualizado em 01/11/2021 às 09:21:47

A HBO Max, depois de anunciar a contratação de Silvio de Abreu no final da semana passada, planeja agora montar um pequeno banco de elenco autores, informou o jornal O Globo desta segunda-feira (1º).

Dentre os nomes que estão na mira da gigante do streaming, os de Grazi Massafera, Selton Mello, Gabriel Leone e Fabrício Boliveira são um dos que devem ter uma proposta em breve na mesa.

O streaming não vai medir esforços naquilo que intitiulou como "telesséries". Isto é, novelas curtas, mas com base no melodrama e ritmo narrativo de séries. Mas, ao contrário das novelas da Globo, por exemplo, serão obras fechadas e totalmente gravadas antes de irem para ao ar na plataforma.

A nova HBO Max com ex-globais

Com a missão de expandir o investimento em produções locais e dar voz aos talentos nas telas e por trás das câmeras, a HBO Max anunciou a formação de seu novo núcleo de telesséries para a América Latina, comandado pela ex-Globo, head de Talentos Artísticos da WarnerMedia Latin America, Mônica Albuquerque. Com a chegada de Silvio de Abreu, a empresa anunciou que ele trabalhará diretamente com autores e diretores latino-americanos em todas as produções.

De acordo com a HBO, as telesséries serão produções de dramaturgia com estrutura narrativa moderna , com cerca de 50 capítulos, trazendo conteúdo de ficção em formato híbrido que combina a base do melodrama com o ritmo de série. As telesséries têm o objetivo de se conectar de forma única à audiência brasileira e de toda região que tanto vibra, torce e se emociona com histórias nesse formato.

Silvio de Abreu chega para compor o casting da HBO Max. Ele começou sua carreira como ator depois como diretor, mas consagrou-se como autor. Após experiências nas TVs Tupi, Excelsior e Bandeirantes, ele estreou na Globo. Com uma brilhante e longeva carreira na emissora carioca, onde esteve até o inicio de 2021, Silvio lançou sucessos de audiência como A Guerra dos Sexos (1983), Cambalacho (1985), Sassaricando (1987), Rainha da Sucata (1990), A Próxima Vítima (1995), Belíssima (2005), Passione (2010) entre outras e, em 2015, migrou para a carreira executiva, como Diretor de Gênero de Dramaturgia, onde revelou mais de vinte novos autores, abrindo espaço para novas ideias e formatos.



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias