Reportar erro
Saiba valor

Fotos icônicas de Silvio Santos são arrematadas em leilão

Imagens famosas do comunicador agora tem dono

Silvio Santos no tanque com água
Imagem de Silvio Santos no tanque com água foi arrematada - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 06/10/2021 às 12:28:32

Na última quinta-feira (30), às 17h, foi encerrado oficialmente os leilões de parte do acervo de imagens via NFT (Token Não-Fungível) do SBT, numa ação inédita realizada em parceria com a empresa InspireIP, que através da tecnologia desenvolvida, consegue fazer uma transformação de produtos digitais em NFT.

A transformação permite que ele seja transferido ou vendido em um marketplace próprio ou em outros que já existem. Esta é a primeira ação realizada por uma emissora de TV no Brasil e disponibilizou quatro imagens famosas do comunicador de 90 anos.

Ao longo de quatro décadas de SBT, as imagens arrematadas saíram pela bagatela de R$ 16 mil e envolvem Onde Tudo Começou (1981), De Casa Nova (1996), Topa Tudo por Dinheiro (1992) e Teleton (1998). A iniciativa foi comemorada com 85 lances e todas as quatro imagens, vendidas.

A foto de maior valor foi de Silvio molhado no palco do Topa Tudo por Dinheiro, que rendeu R$ 8 mil. A do Teleton foi arrematada por R$ 1228, De Casa Nova por R$ 4298 e Onde Tudo Começou por R$ 2701. "A iniciativa foi incrível e o resultado superou o esperado", resumiu Caroline Nunes, CEO da InspireIP.

As fotos de Silvio Santos

Segundo Nunes, o SBT saiu na frente garantindo o pioneirismo de fazer uma campanha usando NFTs. "Os tokens foram criados na plataforma da InspireIP de forma completamente descentralizada e pagos com criptomoedas. Todos os lances, NFTs e transferências estão registrados para sempre na blockchain da Polygon", completou.

Os lances foram realizados através de uma criptomoeda, a MATIC. As compras foram feitas através do cartão de crédito pela carteira Metamask e depois da compra, o dono das imagens teve a posse do NFT registrado na blockchain, o que não dá o direito de explorar o item comercialmente, mas somente revendê-lo em marketplace.



Mais Notícias