Saúde

Câncer de Simony tem cura? Doença é comum entre mulheres

Cantora fez revelação na quarta-feira (3) e está confiante com a possibilidade de cura


Simony em foto publicada no Instagram
Simony em foto publicada no Instagram: na quarta-feira, cantora revelou diagnóstico ao lado de médico que a trata

Na última quarta-feira (3), a cantora Simony revelou que foi diagnosticada com câncer de intestino. Ela descobriu a doença após o aparecimento de inchaços na região da virilha e ter feito um exame de colonoscopia. No entanto, apesar da patologia assustar, a probabilidade de cura chega a 90% dos pacientes que descobrem a situação em estágio inicial, segundo especialista ouvido pelo NaTelinha.  

De acordo o oncologista do Hospital Bandim, Paulo Perelson, o diagnóstico precisa ser tratado com devida atenção para que não ocorra a metástase, que é quando o câncer se espalha." O câncer de intestino é um câncer sério pela possibilidade dele se espalhar para outros órgãos, como pulmão e fígado, principalmente", explica.

O especialista ainda menciona que esse tipo de câncer é o segundo mais comum entre brasileiras. "A incidência hoje é bastante equivalente entre homens e mulheres. Por outro lado, ele tem uma perspectiva altamente curável se diagnosticado em fases iniciais e isso se dá através dos exames de rotina, que é o grande método de diagnóstico nas idades adequadas", diz. De acordo com Instituto Nacional de Câncer, o câncer que mais atinge a população feminina no Brasil é o de mama. 

imagem-texto

Como tratar o câncer de intestino?

O câncer de intestino, ou colorretal, pode ser curado por meio de uma cirurgia semelhante ao procedimento de colonoscopia. No entanto, em casos mais avançados, o paciente precisa fazer uso de medicamentos. No caso de Simony, por exemplo, ela já realiza sessões de quimioterapia e radioterapia.

"A gente tem uma esperança muito grande baseado nos resultados da literatura e dos nossos grupos que essa princesa vai ter uma história feliz, para ela, para família, todos os fãs e para equipe médica que vai ter o privilégio de poder participar desse processo de cura dela", disse o médico Fernando Maluf, que assiste a cantora durante o tratamento.

"A grosso modo, mesmo com os pacientes com doenças mais avançadas, conseguem lidar com o diagnóstico como uma doença crônica, fazendo seu tratamento e mantendo-se qualidade de vida"

Paulo Perelson
Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
TAGS:
Mais Notícias
Outros Famosos