Memória e homenagem

O que é columbário: o lugar místico, de descanso e memorial de famosos

No cemitério da Penitência há um columbário com inúmeros famosos, conheça a história


Columbário de Nicette Bruno e Orlando Drummond
Nicette Bruno e Orlando Drummond ganharam descanso no columbário do Rio - Foto: Divulgação/Cemitério da Penitência
Por Daniel César

Publicado em 20/07/2022 às 04:49:00,
atualizado em 20/07/2022 às 09:25:22

Muitos famosos mortos no mundo todo têm um local de descanso eterno e que fãs podem homenagear a memória de seus ídolos. No Brasil isso também é realidade. No Cemitério da Penitência, no Rio de Janeiro, foi aberto em 2018 um columbário. O nome pode parecer estranho por não estar no dia a dia das pessoas, mas é um local em que as cinzas de famosos são colocados para memorial, com objetos e placa com frases marcantes, um lugar místico e que já conta com nomes importantes do cenário nacional, como Bibi Ferreira (1941-2018) e Nicette Bruno (1933-2020).

O NaTelinha conversou com Alberto Brenner Júnior, superintendente do Crematório e Cemitério da Penitência, no Rio de Janeiro, para entender a mística por trás do local de descanso de diversas celebridades brasileiras e que permite aos familiares e aos fãs cultivarem a memória dos artistas. Mais recentemente, Milton Gonçalves (1933-2022) entrou no seleto grupo de astros e estrelas com espaço garantido no primeiro columbário do Rio, após sua morte.

O responsável por criar este local recheado de homenagens aos artistas explica como nasceu o projeto. "O columbário foi inaugurado em 27 de setembro de 2018, dentro do projeto futurista e sofisticado do nosso Cemitério Vertical, com uso de tecnologia e engenharia a favor do meio ambiente e serviços diferenciados ao consumidor", diz. Ele explica que o projeto virou um sucesso imediato. "O espaço do columbário está sendo ampliado nesse momento, em função da boa aceitação e alta procura por esse serviço. Estamos, inclusive, estudando outras formas de homenagens que vão seguir esse mesmo estilo. Em breve, vamos ter o nosso columbário externo, em modelo tubular e que permite o sepultamento das cinzas. Esse projeto é inédito na cidade do Rio de Janeiro".

E o local não poderia ter estreado da melhor forma possível, com um nome dos mais importantes da arte na história do Brasil.

"A primeira urna de celebridade que chegou ao columbário foi da atriz e diretora Bibi Ferreira, em fevereiro de 2019. Logo que o nicho dela foi ocupado, a família trouxe pertences para serem expostos. A filha decorou o espaço com lembranças da artista: foto, terço, óculos e um cartão trocado entre elas, assinado por Claudina, uma personagem criada e interpretada por Bibi com a família e amigos próximos."

Alberto Brenner Júnior

O processo para um famoso ganhar um espaço no local não é tão difícil, diz ele. "Durante o processo da cremação, a nossa equipe de cerimonialistas apresenta o columbário às famílias, informando sobre a opção de a urna do ente querido ficar nesse lugar especial e ter um tratamento personalizado e a importância para a memória familiar e de quem partiu. Muitas famílias, inclusive de personalidades, também optam pela cerimônia de despedida antes da cremação. Essa cerimônia acontece em capelas com cerca de 150 lugares, que ficam no mesmo corredor do columbário, e elas contam com um sistema de automatização para reproduzir trilha sonora, música ao vivo, projeção de fotos e vídeos, chuva de pétalas de rosa, transmissão online e variados efeitos personalizados, de acordo com o desejo da família".

O lugar é recheado de características, que são pensadas detalhadamente para que a família deixe uma homenagem eterna ao ente querido. "E quando a urna chega ao columbário, a gente também oferece a todas as famílias uma placa com a foto do ente querido e espaço para a família inserir uma frase em homenagem a quem partiu. Essa placa tem ainda um QR code que pode ser acesso por meio da câmera do celular, com as informações do ente querido fornecidas pelo próprio familiar", diz o superintende. Questionado sobre os valores, ele revela sem mistério. "No momento, a gente está trabalhando apenas com a venda do nicho no columbário, que custa, em média, R$ 24.600,00".

Columbário de inúmeros famosos

O que é columbário: o lugar místico e memorial de famosos

Mesmo se tratando de um projeto recente no Rio de Janeiro, o columbário do Cemitério da Penitência já reúne um número importante de famosos. "Atualmente, temos no columbário a presença das urnas de Bibi Ferreira, Beth Carvalho (1946-2019), Lúcio Mauro (1927-2019), Nicette Bruno, Nelson Sargento (1924-2021), Orlando Drummond (1919-2021), Françoise Forton (1957-2022), Milton Gonçalves", conta o superintendente.

Familiares e antigos assessores se emocionam com a homenagem. "O columbário é importante para preservar a memória e o legado de quem partiu. Quando se trata de uma personalidade, esse local é ainda mais importante, especialmente para o fã que pode manter esse laço com o seu artista preferido, ao visitar o seu nicho e, assim, lembrar de momentos e obras dessa personalidade", diz Dermeval Coelho, produtor do sambista Nelson Sargento. Mas ele não é o único. "No momento mais difícil das nossas vidas pudemos contar com o amparo, respeito e imenso carinho do Columbário , onde as cinzas de nosso pai repousam com todas as homenagens que ele merecia. Eternamente gratos", dizem Lenita Asseff e Orlando Drummond Filho.

Mas não trata-se de um local apenas para o memorial de familiares, já que é permitido visitação. "É aberto à visitação e tem como objetivo preservar a memória dessas famílias. Muitas pessoas que frequentam o columbário vêm aqui para orar e ter o seu momento de meditação ali dentro, assim como os fãs de famosos vêm para visitar esse local de descanso do seu artista favorito e conhecer o nicho decorado. É importante a gente lembrar que a cremação é permitida pela Igreja Católica, porque essa dúvida sempre chega a nossa equipe de cerimonialistas, e o columbário é um local apropriado e humanizado para guarda das urnas", diz e garante que "não há necessidade de agendar visita, basta procurar a nossa recepção no prédio vertical e o visitante será encaminhado até o columbário".

Os famosos que estão neste columbário tiveram em suas placas, frases marcantes como lembranças eternas. Confira:

"Quando estou no palco é um momento de comunhão. É quando, através de vocês, eu me encontro com Deus"

Bibi Ferreira

"Segredo da longevidade feliz é amor e humor!"

Orlando Drummond

"Sou um negro em movimento"

Milton Gonçalves

"Imortais não são aqueles que vivem para sempre e sim aqueles que são lembrandos para sempre"

Françoise Forton

"Agoniza mas não morre"

Nelson Sargento

Logo Superviral
Se for SURPREENDENTE, é SUPER VIRAL.

Aqui você encontrará os assuntos mais interessantes do momento e conteúdos incríveis. Bichos, fatos históricos, lendas urbanas, viral e muito mais. No Super Viral, o inusitado acontece!

Confira
Mais Notícias
Outros Famosos