Ataque cardíaco

Mario Frias sofre infarto e é internado

Candidato a deputado federal, ele foi internado em Brasília


Mario Frias de óculos sentado olhando pra câmera
Mario Frias sofreu ataque cardíaco e suspende compromissos - Foto: Divulgação

O ator e ex-Secretário Especial da Cultura, Mario Frias, afirmou que sofreu um infarto nessa segunda-feira (4). O anúncio foi por meio das redes sociais. Ele está internado no Hospital Santa Lúcia, em Brasília, e não há previsão de alta hospitalar.

Por conta disso, adiantou que não comparecerá às agendas e compromissos firmados para os próximos dias. "Agradeço a compreensão e conto com as orações de todos. Fiquem com Deus e até breve", escreveu ele, que compartilhou seu boletim médico.

De acordo com informações dos médicos responsáveis, Frias foi submetido a um cateterismo cardíaco com retirada de trombos. No final do ano passado, ele já havia tido um princípio de infarto e também passou por cateterismo depois de ser levado às pressas para o hospital.

Confira:

Mario Frias sofre infarto

O que é infarto agudo do miocárdio, que acometeu Mario Frias?

O infarto agudo do miocárdio é popularmente conhecido como ataque cardíaco e é um processo de morte do tecido de parte do músculo cardíaco por falta de oxigênio, devido à obstrução da artéria coronária.

Isso ocorre geralmente pela formação de um coágulo sobre uma área previamente comprometida por uma placa de gordura, chamada aterosclerose, desencadeando estreitamentos dos vasos sanguíneos do coração, podendo levar a morte.

Mario Frias teve longa carreira na TV antes da política

imagem-texto

Aos 50 anos de idade, Mario Frias fez carreira na televisão, especialmente na Globo, onde emplacou consecutivos papéis. Começou com uma participação em Caça Talentos, na Globo, em 1996. De lá pra cá estrelou Malhação (1995-2020) na temporada 1998 e retornou entre 99 e 2001.

Nos últimos anos, atuou em A Terra Prometida (2016) e participou de alguns capítulos de Verão 90 (2019). Entre 2017 e 2018, apresentou o Tô de Férias e antes de assumir a secretaria da Cultura, comandou também o A Melhor Viagem.

A exoneração de Mario Frias como Secretário Especial de Cultura

Convidado por Jair Bolsonaro para integrar a Secretaria de Cultura em junho de 2020, quando substituiu Regina Duarte, acabou sendo exonerado do cargo no dia 31 de março. Ele preparava sua candidatura a deputado federal por São Paulo.

Frias foi o quinto secretário de Cultura do governo Bolsonaro. Antes dele, Regina Duarte, Roberto Alvim, Ricardo Braga e Henrique Pires, além do interino José Paulo Martins, chefiaram a pasta, que já integrou o Ministério da Cidadania.

TAGS:
Mais Notícias
Outros Famosos