Tretaram

Anitta ironiza "CPI dos sertanejos" com Zé Neto: "Só uma tatuagem no tororó"

Após comentário do cantor em show, cachês começaram a ser expostos


Anitta em entrevista à TV norte-americana. Na foto, ela sorri e usa um colar dourado e um vestido preto
"E eu achando que tava só fazendo uma tatuagem no tororó", escreveu Anitta em rede social - Foto: Reprodução/Instagram

Anitta ironizou a polêmica em que esteve envolvida com Zé Neto. No início do mês, o sertanejo mencionou a tatuagem que a cantora fez no ânus e a associou a artistas que se beneficiam da Lei Rouanet. Em publicação em rede social na noite de sábado (28), a poderosa falou sobre a treta pela primeira vez.

"E eu achando que tava só fazendo uma tatuagem no tororó", escreveu Anitta no Twitter. Em apenas 12 horas, a publicação já havia ultrapassado a marca das 164 mil curtidas. Por conta da declaração, o nome da intérprete de Envolver figurou entre os assuntos mais comentados na rede social na tarde deste domingo (29).

Um fã da cantora comentou em seguida com uma foto da poderosa em que, no seu bumbum, aparece escrito "CPI dos sertanejos". O seguidor se referia ao fato de que, após o comentário de Zé Neto sobre a funkeira, várias reportagens passaram a divulgar os cachês recebidos pelos cantores, pagos com dinheiro público para apresentações contratadas por prefeituras.

Em 13 de maio, durante um show com sua dupla Cristiano, Zé Neto não chegou a mencionar Anitta, mas fez um comentário claramente direcionado a ela:

"Nós somos artistas que não dependemos de Lei Rouanet. Nosso cachê quem paga é o povo. A gente não precisa fazer tatuagem no 'toba' para mostrar se a gente está bem ou mal."

 

Show de Zé Neto custou R$ 400 mil de verbas públicas; polêmica com Anitta “expôs” cachês de sertanejos

Anitta ironiza \"CPI dos sertanejos\" com Zé Neto: \"Só uma tatuagem no tororó\"

O show em que o sertanejo fez tal comentário custou R$ 400 mil de verbas municipais de Sorriso (MT). Desde então, os shows de prefeituras pelo Brasil começaram a ser questionados pela imprensa, outra forma de incentivo menos discutida que a Lei Rouanet.

Pouco mais de uma semana depois, Zé Neto e Cristiano se apresentaram em Dourados, município do Mato Grosso do Sul, e algumas pessoas puxaram um coro que dizia "Ei, Anitta! Vai tomar no c*". A primeira voz da dupla interrompeu o show para pedir que parassem com as ofensas, mas alfinetou novamente a cantora carioca. "Gente, não precisa. Vamos rezar por essas pessoas e que Deus abra a mente delas e que elas entendam”, pediu ele.

No dia seguinte, o sertanejo pediu desculpas à Poderosa, afirmou que nunca quis incitar o ódio e pretendia apenas mostrar o lado de quem vive na roça. Em pronunciamento no Instagram, ele disse:

“Acho que a gente é livre para escolher o que quiser, cada um tem o seu ponto de vista, tem gente que está do lado de cá e está vendo como funciona, que vão me apoiar. Cada um tem seu posicionamento e independente disso, a gente está aqui representando música.”

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias
Outros Famosos