Reportar erro
No xadrez

Rapper Tyga é preso acusado de violência doméstica

Namorada de cantor mostrou ferimentos no corpo em suposta agressão de cantor

Rapper Tyga posado com óculos estilosos; Camaryn Swanson mostrando olho inchado
Rapper Tyga é preso acusado de violência doméstica - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 12/10/2021 às 19:28:03

Nesta terça-feira (12), o rapper Tyga, ex-namorado de Kylie Jenner, foi preso em Los Angeles, nos Estados Unidos, acusado de violência doméstica. As autoridades locais confirmaram a ocorrência através de uma publicação nas redes sociais. A namorada do músico, a designer de moda Camaryn Swanson, teria denunciado o cantor à polícia, após ter sido agredida por ele.

A influenciadora digital desabafou nas redes sociais sobre o suposto caso de violência, mostrando ferimentos em seu rosto que, segundo ela, foram feitos por Tyga.

"Estou muito envergonhada por isso ter chegado a este ponto, mas preciso me defender", explicou. As agressões teriam acontecido na madrugada desta segunda-feira (11) na residência do rapper. Segundo fonte do site TMZ, Camaryn foi até a casa do namorado e iniciou uma briga com ele, fato que a influenciadora digital nega.

Agentes perceberam marcas de violência no corpo da mulher e estão investigando o caso. As autoridades cobram cerca de R$ 275 mil de fiança para liberar Tyga.

Rapper G-Eazy é preso acusado de agressão

Em setembro, o rapper G-Eazy foi preso após ser acusado de agressão em Nova York, nos Estados Unidos. O suposto crime teria acontecido na semana passada, dois dias antes do MTV Video Music Awards de 2021, o VMA 2021, evento do universo musical no qual o cantor havia participado no último final de semana. Na ocorrência, o rapper teria se envolvido em confusão em que um homem, de 32 anos, ficou com um ferimento na cabeça após levar um soco, segundo o site da revista People.

A polícia-norte americana teria liberado o rapaz horas depois de sua prisão, de acordo com o site TMZ. Contudo G-Eazy terá de prestar esclarecimentos no tribunal futuramente. 

Já no Brasil, Fernando de Souza Silva, 41 anos, um dos suspeitos de aplicar um golpe milionário em Juliana PaesMurilo Rosa e no jogador de futebol Luís Fabiano, foi preso em Jacareí, interior de São Paulo. De acordo com a assessoria de imprensa da Segurança Pública, policiais foram até a residência do suspeito cumprir um mandado de busca e apreensão e encontraram um revólver calibre 38 em um guarda roupa. 

Mais Notícias
Outros Famosos