Reportar erro
Investigação

Rapper G-Eazy é preso acusado de agressão

Polícia norte-americana pediu a detenção do músico

Rapper G-Eazy posado
Rapper G-Eazy é preso acusado de agressão - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 15/09/2021 às 18:23:00

O rapper G-Eazy foi preso após ser acusado de agressão em Nova York, nos Estados Unidos. O suposto crime teria acontecido na semana passada, dois dias antes do MTV Video Music Awards de 2021, o VMA 2021, evento do universo musical no qual o cantor havia participado no último final de semana. Na ocorrência, o rapper teria se envolvido em confusão em que um homem, de 32 anos, ficou com um ferimento na cabeça após levar um soco, segundo o site da revista People.

A polícia-norte americana teria liberado o rapaz horas depois de sua prisão, de acordo com o site TMZ. Contudo G-Eazy terá de prestar esclarecimentos no tribunal futuramente. 

Já no Brasil, Fernando de Souza Silva, 41 anos, um dos suspeitos de aplicar um golpe milionário em Juliana PaesMurilo Rosa e no jogador de futebol Luís Fabiano, foi preso nesta segunda-feira (13), em Jacareí, interior de São Paulo. De acordo com a assessoria de imprensa da Segurança Pública, policiais foram até a residência do suspeito cumprir um mandado de busca e apreensão e encontraram um revólver calibre 38 em um guarda roupa. 

"O homem foi detido em flagrante por posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e permaneceu à disposição da Justiça". O advogado Hugo Leonardo, representante de Juliana, Murilo e Luís Fabiano, comentou sobre a prisão ao NaTelinha.

"A prisão de Fernando de Souza Silva, um dos acusados no processo, só reforça a necessidade de a Justiça agir de forma implacável para descortinar todos os meandros dessa organização criminosa que gerou prejuízo a centenas de pessoas. Essa prisão desnudará mais um capítulo importante dessa história".

De acordo com o advogado, pelo menos quatro pessoas estão envolvidas com o caso de estelionato. A prisão de Fernando não tem ligação direta com o crime aplicado nos famosos e outros anônimos, mas ele já responde na Justiça pelo mesmo.

Advogado de Juliana Paes explica golpe milionário: "Lesou muita gente" 

Hugo Leonardo falou com o NaTelinha em agosto sobre o golpe que seus clientes sofreram após investirem mais de R$ 1 milhão com falsos investidores, que ofereciam propostas de retornos financeiros com revendas de carros seminovos. A Polícia Civil informou que o inquérito que investigou o caso foi relatado em janeiro de 2021, e a denúncia ocorreu em maio. 

TAGS:
Mais Notícias
Outros Famosos