Reportar erro
Posicionamento

Juliette e Gil do Vigor se manifestam sobre 500 mil mortes por Covid: "Fora Bolsonaro"

Os dois não estão satisfeitos com o presidente

Juliette e Gil criticaram o presidente Jair Bolsonaro
Juliette e Gil criticaram o presidente Jair Bolsonaro - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 21/06/2021 às 15:30:00,
atualizado em 21/06/2021 às 15:36:28

Juliette usou seu perfil do Twitter nesta segunda-feira (21) para criticar Jair Bolsonaro. A vencedora do BBB21 fez uma reflexão sobre as mais de 500 mil mortes por causa da Covid-19 e se mostrou contrária ao comportamento do presidente do Brasil. Gil do Vigor também se manifestou e desaprovou as ações do governante na pandemia.

“500 mil mortos no Brasil! Não são apenas números. É uma terrível consequência da negligência da gestão do atual governo Bolsonaro. Eles tinham como ter evitado essa tragédia. É claro que é #ForaBolsonaro”, escreveu a advogada, alcançando milhares de compartilhamentos.

Antes de participar do reality show da Globo, a ex-BBB já tinha se mostrado contrária às ideias defendidas por Bolsonaro. Durante a campanha eleitoral de 2018, a também maquiadora saiu nas ruas de João Pessoa (PB) e pediu voto para o então candidato Fernando Haddad.

No confinamento, ela fez elogios a ex-presidente Dilma Rousseff e deixou claro que não apoiava o comportamento do atual governante brasileiro. Gil do Vigor foi outro que sempre ressaltou que tinha uma visão ideológica mais próxima da esquerda, tanto que apoiou Ciro Gomes.

O economista usou seu perfil do Twitter mais cedo e se manifestou sobre o momento atual político do país. “Muitos me questionam quando a crise vai acabar e o Brasil voltar a crescer, portanto decidi responder: Quando o Bolsonaro e sua turma saírem do poder”, disparou.

Gil do Vigor afasta rivalidade contra Juliette

Após se manifestar contra Bolsonaro, Gil do Vigor ficou incomodado com um grupo de pessoas que o criticou. Boa parte era fã de Juliette e tentaram criar uma rivalidade entre os dois, fato que deixou ele insatisfeito.

“Fico triste com pessoas que preferem deslegitimar um posicionamento político que envolve o nosso país por conta de uma rivalidade que não existe. Isso é muito triste mesmo! Para estas pessoas, saiba que seu Twitter não vai me afetar, mas pode afetar a vida de milhões! Reflitam”, completou.



Mais Notícias
Outros Famosos