Reportar erro
Saudade eterna

Mônica Martelli fica inconformada com morte de Paulo Gustavo: "Não dá pra acreditar"

Atriz compartilhou vídeo em que aparece curtindo momentos com o amigo

Paulo Gustavo e Monica Martelli posados sorridentes
Monica Martelli não se conforma com morte de Paulo Gustavo - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 07/05/2021 às 19:41:00

Nesta sexta-feira (7), Mônica Martelli usou as redes sociais para falar sobre a morte de Paulo Gustavo, que era um de seus melhores amigos. A atriz compartilhou um vídeo em que aparece em momentos que passou ao lado do humorista. Nas imagens, Mônica estava sempre rindo das graças que Paulo fazia e, através da legenda, a atriz afirmou que não se conforma com a partida do amigo.

"Dá vontade de postar o Paulo Gustavo todo dia, o dia todo. É tanta história, tanta gargalhada e tão presente sempre, que preciso que isso continue. Ainda não dá pra acreditar. Te amo tanto, meu irmão", postou a artista.

Durante a internação de Paulo, por muitas vezes Mônica veio a público pedir oração para a recuperação do amigo. Em sua participação no programa Saia Justa, do canal GNT, desabafou sobre o estado de saúde do humorista. A atriz Conversava com Astrid FontenelleGaby Amarantos, Pitty Drauzio Varella quando não aguentou a emoção e chorou ao vivo.

"Eu estou sentindo muito medo de perder um amigo que é meu irmão. Sou uma mulher forte. Me considero uma mulher forte porque enfrento os problemas, não finjo que não vejo. Ser forte não é não pedir ajuda. Faço terapia há muito tempo, tenho ferramentas psíquicas para lidar com a dor e o medo, mas desculpa...", afirmou a atriz.

"Estou sentindo muito medo de perder um amigo que é meu irmão. A minha irmã, que vocês conhecem, é a melhor amiga do Paulo Gustavo hoje, ela é diretora dele, ela é médica, ela tem relação multifacetada com Paulo Gustavo porque ela exerce muitas funções", contou.

Corpo de Paulo Gustavo é cremado em Niterói

O corpo de Paulo Gustavo foi cremado na tarde desta quinta-feira (6) em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro e cidade natal do humorista, que morreu em decorrência de complicações da Covid-19, aos 42 anos, na última terça (5).

Ele estava internado desde o dia 13 de março no Hospital CopaStar, na zona sul do Rio. Para evitar aglomerações por causa da pandemia do coronavírus, a cerimônia foi restrita aos amigos e familiares do ator.



Mais Notícias
Outros Famosos