Reportar erro
Desabafo

Boris Casoy perde a paciência e faz apelo: "Quero a vacina"

Jornalista criticou Jair Bolsonaro e João Dória

Boris Casoy em seu canal do YouTube
Boris Casoy criticou políticos - Foto: Reprodução/YouTube
Redação NT

Publicado em 16/12/2020 às 18:50:00

Boris Casoy apelou nesta quarta-feira (16) para que o presidente Jair Bolsonaro e o governador de São Paulo, João Dória, parassem de brigar e encontrassem um caminho para a vacinação contra a Covid-19 no Brasil. O jornalista criticou também a postura do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e ressaltou seu desejo pela vacina. O desabafo foi feito no Jornal do Boris, no seu canal do YouTube.

“Porra, minha gente, eu quero a vacina! Eu tenho 79 anos! Quero a vacina, não quero ver essa briga de João Doria com Bolsonaro. Cadê a vacina?”, reclamou o comunicador durante o Jornal do Boris. “Acorda, ministro Pazuello! A população quer a vacina. Se o senhor não quer tomar a vacina, nem o presidente, não tome. Mas deixe quem quiser tomar. Acorda, ministro. Presidente, acaba com esse troço. Cadê a vacina?”, acrescentou.

O apelo de Boris não aconteceu por acaso. Nesta semana. Pazuello indagou o motivo de muitas pessoas estarem com “ansiedade e angústia” em relação à vacina.  “O povo brasileiro tem capacidade de ter o maior sistema único de saúde do mundo, de ter o maior programa nacional de imunização do mundo, nós somos os maiores fabricantes de vacinas da América Latina. Pra quê essa ansiedade, essa angústia?”, posicionou-se.

Tal comentário irritou a oposição e muitos especialistas sobre vacinação. Casoy também demonstrou incômodo com a maneira que Bolsonaro tem tratado a vacina que servirá para combater a Covid-19. Ele afirmou que o presidente “fica apavorando as pessoas” contra a imunização.

Confira o vídeo abaixo:

Boris Casoy e sua nova fase

Boris Casoy deixou a RedeTV! neste ano e fechou contrato com a Gazeta, além de investir no seu canal do YouTube. Seu acordo com a nova emissora ocorreu após Sidney Oliveira, dono da Ultrafarma, conduzir as negociações. “Sou contratado dele. Mas meu foco principal continua sendo a internet”, contou ao NaTelinha na época.

A internet, aliás, não é um bicho de sete cabeças para Boris. "Tenho amigos me ajudando. Domino apenas o trivial, não a transmissão via internet. Mas estou aprendendo o suficiente, que não é tão simples como eu imaginava, mas não também não precisa ser nenhum Einstein para entender", brincou.



Mais Notícias
Outros Famosos