Carinho

Caso Marcius Melhem: Famosos manifestam apoio a Dani Calabresa: "Coragem"

Humorista acusou Marcius Melhem de assédio sexual e moral

 Caso Marcius Melhem: Famosos manifestam apoio a Dani Calabresa: "Coragem"
Marcius Melhem foi acusado de assédio - Foto: Montagem

Redação NT

Publicado em 04/12 às 14:25:00

Famosos e personalidades políticas saíram em defesa da atriz Dani Calabresa após reportagem da revista Piauí desta sexta-feira (04) detalhar os casos de assédio sexual e moral envolvendo o humorista e ex-diretor do núcleo de humor da Globo, Marcius Melhem. Danilo Gentili saiu em defesa da sua colega e detonou o antigo executivo da emissora carioca. Marcelo Adnet também se posicionou sobre o assunto e explicou que optou por não expor as denunciantes.

continua depois da publicidade

“Conheço toda história mais de ano, quando Dani Calabresa me contou. De lá pra cá o que mais teve foi relativização e silêncio de esquerdomacho global defensor do feminismo. Esse é o feministão que disse que eu devo ser preso e que fazia ‘humor do bem’”, disparou Gentili.

“Pois é! Cadê a coragem desse povo que luta tanto pelo bem? Corajosa foi a Dani Calabresa que ficou anos falando sozinha, colocou o próprio emprego e carreira na reta enquanto os colegas e até ex faziam em silêncio e relativizavam o assédio. Tudo hipócrita”, acrescentou o humorista.

continua depois da publicidade

Um dos protagonistas do caso, Marcelo Adnet foi acusado de ter sido omisso e não falado abertamente durante participação no Roda Viva, da Cultura, mas o comediante se defendeu. Ele explicou que as denunciantes pediram para que seus nomes não fossem citados publicamente e que todos seguissem as recomendações jurídicas.

“Fiz o mínimo, agi e respeitei totalmente o sigilo que as vítimas pediram. A história é muito pesada e traumática para os envolvidos”, comentou. “Tua amiga te conta um negócio e pede sigilo. Serei leal a ela. Não vou expor a história dela contra sua vontade”, acrescentou.

continua depois da publicidade

No seu perfil do Twitter, Mônica Martelli enviou uma mensagem para Calabresa e a parabenizou pela força. “À você, Dani, todo meu respeito, admiração e carinho. Que sua coragem seja farol para as mudanças de que tanto precisamos”, publicou.

Confira a repercussão:

Dani Calabresa e Marcius Melhem

Dani Calabresa foi contratada pela Globo em 2015 depois de ter se consagrado na MTV e feito uma passagem significativa no CQC (2008-2015) e o que era um sonho, transformou-se num grande pesadelo na emissora carioca. A revista Piauí descreveu em longa reportagem publicada nesta sexta-feira os assédios que a humorista teria sofrido de Marcius Melhem, seu chefe no departamento de humor.

continua depois da publicidade

Em janeiro deste ano, a Globo não conseguiu mais manter a história em sigilo, quando Leo Dias publicou que três atrizes teriam denunciado Marcius Melhem por abuso. A acusação de Calabresa incentivou outras mulheres e o comportamento de Melhem era tido como recorrente e normalizado por ele.

No dia 6 de março, a Globo anunciou que o diretor pediu afastamento por motivos pessoais. Embora de fato tivesse um acontecimento importante, uma cirurgia da filha de 11 anos nos Estados Unidos, o motivo não seria esse.

continua depois da publicidade

Como a palavra assédio não foi citada no comunicado, as vítimas se sentiram frustradas, segundo a revista. Redigiram uma carta à Schroder, que foi modificada, mas ainda assim, cobravam uma posição mais forte da Globo. Em agosto, a emissora informou a saída "em comum acordo" de Marcius Melhem, mais uma vez sem citar qualquer denúncia.

O humorista e executivo sempre afirmou ser inocente. Em suas redes sociais, ressaltou que sempre agiu com profissionalismo e respeito, mas pediu desculpas a quem pudesse ter sido magoada com seu comportamento.

continua depois da publicidade