Luto no hip-hop

Rapper Venenosa morre aos 32 anos, por insuficiência respiratória

Família espera doações para realizar velório da artista

Rapper Venenosa morre aos 32 anos, por insuficiência respiratória
Venenosa era o nome artístico de Jéssica Cristiane Batista; artista emprestava suas rimas à luta contra o machismo e a gordofobia - Foto: Reprodução/Higor Hatano

Redação NT

Publicado em 22/11/2020 às 14:55:00 ,
atualizado em 22/11/2020 às 16:23:17

A rapper Venenosa MC, que despontava na cena do hip-hop brasileiro, morreu neste domingo (22), aos 32 anos, vítima de insuficiência respiratória decorrente de complicações causadas pela asma. Ela estava no Hospital Municipal Dr. Lauro Roberto Fogaça, em Votorantim, na Região Metropolitana de Sorocaba, em São Paulo. A informação da morte de Venenosa foi confirmada por meio de nota no perfil oficial da artista em rede social. O texto pede doações para a realização de um velório "digno" para a rapper. Familiares divulgaram número de conta nos stories do Instagram da famosa, que tem mais de 42 mil seguidores.

"Agradeço a todos as mensagens de carinho e agradeço também pelo amor que vocês tinham por ela. Era uma pessoa incrível e tudo o que conquistou foi por mérito dela. Ela batalhou desde sempre pra colocar as coisas  dentro de casa e mereceu todo esse reconhecimento hoje", diz o texto publicado por familiar de Venosa no Instagram.  

A notícia pegou os fãs de surpresa, e o nome de Venenosa figurou entre os mais comentados das redes sociais no início da tarde deste domingo. Organizador do projeto Batalha da Aldeia, o rapper Bob 13 também comentou a morte da amiga em rede social.

continua depois da publicidade

"Minha eterna amiga… Sua força estará entre nós. Obrigado por tudo, hoje o Céu recebe uma das pessoas mais fodas que conheci na vida. Tá doendo muito, não consigo acreditar. Te amarei pra sempre", escreveu Bob 13. Ele também pediu que os seguidores enviassem doações à família.

Venenosa MC era o nome artístico de Jéssica Cristiane Batista. Envolvida no rap há cerca de 15 anos, ela lutava pelo espaço das mulheres no segmento, além de emprestar sua voz para a luta contra o machismo e a gordofobia. Além das batalhas de rimas e da carreira como rapper, ela promovia manifestações culturais e artísticos dos mais variados estilos em Votorantim.

continua depois da publicidade

Assista o apelo da família de Venenosa MC:

Confira as publicações sobre a morte de Venenosa MC:


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!