Reportar erro
Polêmica

Renata Banhara desabafa após ser impedida por ex-marido de ir à TV

Justiça intervém e autoriza Renata Banhara de expor seu drama pessoal sem citar o nome do ex-marido na televisão

renata-banhara_0fd5be3e64618c05179a100a06a5a5fc3fce9045.jpeg
Reprodução/ Instagram
Diego Falcão

Publicado em 06/08/2018 às 17:46:03

Renata Banhara comemorou a decisão do juiz de Direito do Tribunal de Justiça de São Paulo, Dr. Eduardo Giorgetti Peres, em permitir que ela possa expor a agressão sofrida pelo ex-marido.

Em um longo desabafo no Instagram, a modelo revelou que estava proibida de ir as emissoras de televisão para falar sobre sua separação.

Banhara contou que o ex mandou ofícios extrajudiciais, sem citar seu nome, ameaçando as redes de televisão assim como os apresentadores que falassem sobre o caso com multa de R$ 500 mil.

"Eu trabalho desde os 16 anos na televisão. Fui tirada de todas as emissoras. Meu ex mandou um ofício extrajudicial me cortando de todas as emissoras. Ameaçando as emissoras e apresentadores para que não abrissem espaço para mim. Com multas milionárias, ameaça as apresentadoras de televisão. Eu não cito o nome dele", disse.

"Ele pede indenização para mim. Tira o único ganha pão que eu tenho na vida. Quer me processar dizendo que é meu ex no valor de R$ 500 mil. Ele quer indenização citando que é ex de Renata Banhara. Eu não o denunciei em nenhum lugar que ele trabalhou ou trabalha. Vocês não sabem quem é ele", continuou a modelo.

Renata Banhara mostrou-se preocupada com a atitude do marido, já que a TV é o único canal de trabalho que ela tem: "Eu preciso criar meus filhos. Não fiz nada para ele. Não houve respeito, nem dignidade a violência psicológica está em cada ação extra-judicial que ele mandou para cada apresentador, emissora".

Renata Banhara disse ainda que Antonia Fontenelle recebeu uma ameaça extraoficial do seu ex-marido. A atriz e apresentadora compartilhou a decisão judicial, por meio do juiz de Direito do TJ de São Paulo, que permitiu Renata Banhara de expor seus problemas.

"Ainda há homens justos e sensatos no nosso judiciário. Trago pra vocês parte da decisão expedida pelo juiz de direito do TJ de SP. Dr. Eduardo Giorgetti Peres. Ele sentencia o direito de Renata Banhara expor a agressão sofrida pelo seu ex-marido. Validando a liberdade de imprensa. Enquanto os canais de TV permanecerem engessados, investindo numa programação rasa, pueril e as vezes bizarras, tentarei por aqui me aprofundar mais no que de fato considero sério e moral", legendou a atriz e apresentadora Antonia Fontenelle.

O NaTelinha procurou algumas emissoras de televisão. A Band e RedeTV! não retornaram nossos contatos,  enquanto SBT e Record TV estão consultando seus departamentos jurídicos e até o fechamento desta reportagem não se posicionaram.

Entenda o caso

Lutando contra uma infecção no cérebro desde o ano passado, Renata Banhara vinha melhorando e retomando o trabalho, até que passou a ser espancada pelo marido após descobrir uma traição.

Segundo a modelo, ela descobriu por meio de empregados que seu marido levava uma amante para casa enquanto ela estava internada no hospital lutando contra a bactéria no cérebro.

Sabendo disso, no final de janeiro último, Renata Banhara teria pedido explicações, quando foi surpreendida pelo esposo com agressões e até mesmo sendo empurrada da escada. Ela relatou ainda que chegou a ser trancada no quarto sem remédios, sendo salva pelo filho horas depois.

Mais Notícias
Outros Famosos