Enfoque NT

Cinco campeões do Big Brother Brasil que não se consagrariam hoje em dia

NaTelinha lista cinco campeões do Big Brother Brasil que dificilmente seriam atualmente

Cinco campeões do Big Brother Brasil que não se consagrariam hoje em dia
Marcelo Dourado é um dos campeões que não se consagrariam hoje em dia

Publicado em 08/02/2020 às 10:45:11 ,
atualizado em 08/02/2020 às 15:38:38

Por: Thiago Forato

O Big Brother Brasil 20 não está há três semanas no ar e já é mais comentado e repercutido que a edição anterior e muitas outras. O elenco escolhido a dedo está rendendo polêmicas e a narrativa da casa se tornou sedutora pelo teor dos assuntos discutidos, como o machismo.

Pensando nessa esfera comportamental, o NaTelinha lista cinco campeões do BBB que provavelmente não saíriam milionários ao fim do reality show.

Confira:

Kléber Bambam

O primeiro campeão do BBB, em 2002, levou o prêmio de R$ 500 mil pra casa. Hoje pertencente ao mundo fitness, provavelmente Kléber não se consagraria campeão.

O brother chegou a retornar na 13ª temporada, em 2013, mas durou somente um dia. Seu comportamento diante dos colegas de confinamento não era mais o mesmo e nas poucas horas que ficou na casa, se mostrou mais arredio e agressivo, gerando antipatia do público.

Dhomini Ferreira

Perfil parecido com o de Bambam, Dhomini faturou o BBB3. Assim como o primeiro campeão, retornou na temporada 2013, mas pouco durou.

Em uma conversa dentro da casa, admitiu que arrancou dentes de cachorro com um machado e não pegou bem. Numa outra oportunidade, declarou que perdeu a virgindade com uma égua.

Jean Wyllys

Primeiro campeão a faturar o prêmio de R$ 1 milhão, é muito pouco provável que Jean Wyllys fosse campeão atualmente.

Com o Brasil polarizado politicamente e Jean ser esquerdista com uma vida pública pautada nisso, tal fato causaria grande rejeição da ala conservadora.

Certamente, seus comentários sobre sua posição política e ideais o fariam sair do jogo rapidamente.

Diego Alemão

Um homem que viveu um triângulo amoroso na casa do BBB7 certamente não teria vida muito longa no reality da Globo.

Com falas rudes e um comportamento visto como agressivo em algumas ocasiões, Alemão gozou de popularidade quando o Brasil era outro.

Seu comportamento dificilmente seria aceito no BBB20, por exemplo.

Marcelo Dourado

O caso mais emblemático é o de Marcelo Dourado. Participante do BBB4, ganhou nova chance no BBB10 e não jogou fora.

Um dos maiores jogadores da história do reality proferia frases vistas como homofóbicas e não fazia questão de esconder sua antipatia pelos gays da casa, como Dicesar e Serginho.

Suas atitudes também eram vistas como machistas e não muito diferente daquelas apresentadas por alguns participantes da atual edição.




publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!