Ana Cora Lima
Reportar erro
Ana Cora Lima

Nubia Oliiver lamenta investigação: "Tive uma carreira de 28 anos quebrada"

Em entrevista exclusiva, modelo comenta acusação de integrar rede de prostituição internacional

Nubia Oliiver
Nubia Oliiver fala sobre polêmicas e vida pessoal em entrevista - Foto: Divulgação
Ana Cora Lima

Publicado em 25/07/2021 às 08:00:00

Nubia Oliiver desceu ao inferno quando teve seu nome envolvido em uma investigação sobre uma rede de prostituição internacional, em maio deste ano. A modelo sempre negou envolvimento e, graças às provas anexadas no inquérito, não foi denunciada, mas o processo continua e ela só quer esquecer esse triste episódio. “Me decepcionei com o julgamento das pessoas, perdi muitas pessoas que diziam ser amigas, perdi noivo, perdi patrocínios das minhas redes, perdi Instagram, perdi seguidores. Tive uma carreira de 28 anos quebrada. Mas, vou dar a volta por cima”, desabafa em entrevista exclusiva ao NaTelinha.

Sem medo de nada, Nubia Cassia, seu nome de batismo, acredita que o que é dela está guardado e que precisa passar com dignidade pelos obstáculos. Aos 47 anos, ela passou um sufoco no ano passado por conta da pandemia. Praticamente faliu e está conseguindo melhorar a sua situação financeira graças a entrada em uma plataforma de conteúdo adultos.

“Entreguei carro, fiquei com dívidas, nome sujo, jóias penhoradas, mas graças a OnlyFans consegui reverter um pouco desse prejuízo”, admite que tem investido em plantações e no gado na fazenda localizada na cidade onde nasceu, Uberaba, Minas Gerais.

Confira a entrevista:

Nubia, você passou por um momento delicado. Foi acusada de aliciamento de mulheres e sua vida virou de ponta-cabeça. O que aconteceu de fato e como está a sua situação?

Nubia Oliiver - Resumidamente, essas pessoas estavam sendo investigadas por esse caso e na época tive um trabalho de publipost com ele. A conversa ficou estranha no contexto da investigação, porém o Ministério Público já pronunciou denunciando essas pessoas e não fui denunciada. Um caminho de 80% junto aos meus advogados mas o processo continuará aberto até o final de tudo. O ruim é que a mídia não me dá espaço para falar do pronunciamento do MP assim como fez no início, porém vou lutar e reconstruir tudo de novo!

Que lição você tirou desse episódio?

Nubia Oliiver - Primeiro que a fé realmente nos mantém em pé. Depois, no meu caminhar que é árido. Outra lição foi que poucas pessoas que me deram as mãos.

Se decepcionou com alguém? Teve alguma decepção por conta desse episódio?

Nubia Oliiver - Sim. muitas pessoas! Me decepcionei com o julgamento das pessoas, perdi muitas pessoas que diziam ser amigas, perdi noivo, perdi patrocínios das minhas redes, perdi Instagram, perdi seguidores. Tive uma carreira de 28 anos quebrada. Mas, vou dar a volta por cima.

Nubia Oliiver lamenta investigação: \"Tive uma carreira de 28 anos quebrada\"

A gente sabe que você sempre foi uma mulher batalhadora, sempre trabalhou. Como é que você se virou durante a pandemia, já que muitas pessoas que trabalham na área do entretenimento sofreram perdas financeiras?

Nubia Oliiver - Com a pandemia passei um sufoco. Entreguei carro, fiquei com dívidas, nome sujo, jóias penhoradas, mas com a plataforma do OnlyFans consegui reverter um pouco desse prejuízo.

Você fala de sexo e empoderamento feminino com muita propriedade e recebe críticas e xingamentos? Como é isso na sua cabeça?

Nubia Oliiver - No começo eu era sim muito xingada, mas atualmente são homens, mulheres e adolescentes me pedindo conselhos e ajudas. Durante a pandemia, a procura foi muito maior. Muitas pessoas dentro dos armários, mas já com um pé para fora me pedindo apoio. Isso é um passo para se libertar de crenças limitantes que nos impede de ser feliz.

Uma mulher bonita como você já deve ter passado por situações desagradáveis. Já foi prejudicada por outra mulher? Acredita em sororidade ou acha que ainda estamos engatinhando e ensinando para as próximas gerações.

Nubia Oliiver - Olha por incrível que pareça hoje eu sou uma mulher invejada por aquilo que represento, mas ninguém sabe as minhas batalhas diárias e se soubesse não teriam inveja. No meu meio ainda há pouca sororidade e muitas usam essas palavras pelo modismo porque na prática, infelizmente, não são. Triste realidade.

E assédio? Como lidava ou ainda lida?

Nubia Oliiver - Muito bem. Tenho assédio de mulheres, de trans, de homossexuais e pra mim sempre foi normal pois trabalho com o sensual e sexualidade na cabeça de todos. Pedir para rezar é que ninguém vai me assediar, né? Apesar de ser muito religiosa.

Você é muito vaidosa? O que faz para se manter bem como você está aos 47 anos?

Nubia Oliiver - Não sou muito vaidosa não, mas me cuido bem. Tenho três pessoas que me auxiliam nos exercícios físicos durante a semana: Alan na bike, Marcelo Dantas no funcional, Diogo Medeiros na musculação. Cada um na sua função porque acredito na importância de profissionais qualificados ao meu lado. Não faço nada em excesso ou que possa tirar minha identidade. O jejum intermitente me ajuda, me segura. Faço bike, musculação e funcional, tudo bem pouco e moderado.

Nubia tem medo de quê?

Nubia Oliiver - De nada, o medo nos limita. Prefiro ousar e aprender. Não fico na minha zona de conforto, mas vivo com cautela. Não me arrisco em nada que possa me prejudicar.

O que você não tolera?

Nubia Oliiver - Mentiras. Amo pessoas que sabem viver com autenticidade, sabem ser verdadeiras.

Quem é Nubia Cassia?

Nubia Oliiver - Uma sobrevivente de um mundo que já bateu demais na Nubia Oliiver (a quem carrega). Mas acredito que o que é meu, está guardado. Sei que tenho que passar com dignidade pelos obstáculos e seguir em frente. Sou uma mulher muito abençoada pela filha e pela família que eu tenho.



Mais Notícias