Politicamente Incorreto, de Danilo Gentili, tem roteiro pobre e decepciona

Divulgação

Publicado em 16/09/2014 às 15:16:36

Por: Sem autor

O tão esperado, divulgado, propagado seriado "Politicamente Incorreto", escrito e estrelado por Danilo Gentili para os canais Fox, estreou na noite desta segunda (15) e mostrou que foi, de fato, supervalorizado.

Acompanhei todo o episódio de estreia, e confesso que estava até bem animado pelo que poderia vir. A ideia da série é boa: mostrar um político corrupto que acaba, por acidente, virando símbolo de honestidade, e por isso decide disputar a presidência da República pelo seu partido. Para tentar vencer, contrata a melhor assessora de imagem do país. Veja, é uma boa ideia, e no momento mais oportuno possível. O problema é justamente o que não deveria ser um problema: o roteiro.

Pelo menos no episódio de estreia, piadas pobres, sacadas fracas e momentos constrangedores, além do excesso de brincadeiras de cunho sexual. A ideia é fazer a caricatura de um político corrupto, mas o texto e a atuação do próprio Gentili beiraram à fantasia e a utopia. Quando não conseguiu fazer com um humor pseudo inteligente, Danilo apelou para piadinhas de duplo sentido. Não funcionou.

Falando em atuação, o elenco e a direção também não funcionaram. Atuações sem brilho e a maioria sem destaque. Porém, vale ressaltar o premiado ator Zé Dumont, que dentro do que o roteiro lhe oferecia foi muito bem. A fotografia também é bastante interessante, porém, só. Infelizmente, para mim, "Politicamente Incorreto" deixou muito a desejar.

No primeiro episódio, pelo menos no meu ver, a série foi uma das maiores decepções da temporada da TV paga brasileira. Foi como vários políticos brasileiros: muito prometeu e pouco realizou ou cumpriu. Uma pena.

Programa: "Politicamente Incorreto"
Emissora: FX
Horário: segundas, às 20h30
Avaliação (de 0 a 10): 4,0


Fale com o colunista: gabriel@natelinha.com.br



COMENTÁRIOS