Nunca foi emparedada

BBB 22: Eslô diz ter pânico de paredão, mas faz confissão corajosa

A pernambucana chegou ao Top 10 sem pisar no gramado para disputar sequer uma prova Bate e Volta


Eslovênia vestida de preta, sentada na cama do quarto Lollipop
Eslô revelou que teve tensão psicológica por causa do paredão - Foto: Reprodução/Globoplay
Por Patrícia Marques

Publicado em 30/03/2022 às 21:55:29,
atualizado em 30/03/2022 às 22:19:29

Em conversa com Eliezer no quarto Lollipop na noite desta quarta-feira (30), Eslovênia admitiu que a pressão de não ter ido para a berlinda do BBB 22 mexeu psicologicamente com ela. “Esse negócio de não ir para o paredão estava me martirizando muito. Eu estava me sentindo mal por não ter ido ao paredão. Que loucura, né? E eu não posso deixar que esse sentimento seja maior, porque eu quero estar aqui, eu vim aqui para jogar”, confessou a sister.

“Eu não posso me sentir mal porque eu não fui em dez paredões. Se eu não fui é porque as circunstâncias, o jogo, as pessoas também tinham outras prioridades e eu tenho que agradecer a isso. P*rra! Eu tive mais oportunidade de as pessoas me conhecerem”, acrescentou a sister.

Durante o bate-papo, Eli, que enfrentou apenas um paredão, lembrou que também demorou a ir para a berlinda.  “Eu fiquei aqui 45 dias sem ser votado. Eu sabia que isso ia acontecer. Em uma ou duas semanas eu ia virar alvo de muitas pessoas aqui”, disse. No entanto, ele refletiu: “Se eu tivesse ido nos primeiros 20, 30 dias, talvez eu tinha saído”.

“Tinha momento que eu pensava: vou participar da prova do líder, mas eu prefiro nem ganhar, pra ir para o paredão logo. Mas isso é louco! Olha o sentimento que eu estava me permitindo vivenciar, acreditando no que as pessoas me falavam”, destacou a pernambucana.

Para a sister, esse tempo que permaneceu no jogo foi importante para que o público pudesse conhecê-la. “Se as pessoas não nos conhecerem em nossos altos e baixos, elas não vão conhecer a gente. Isso que é ser autêntico,” afirmou.

“Toda semana alguém é alvo. A diferença é que demorou dez paredões para eu ser alvo. Se Jessi tivesse pegado contragolpe, ela teria me puxado [...] Ser alvo é jogo”, continuou.

BBB 22: Eslô é o próximo alvo da casa

Gustavo, Douglas Silva e Jessilane têm Eslovênia como alvo nesta reta final do Big Brother Brasil. Isso porque a sister não enfrentou nenhuma berlinda e nem sentiu a emoção do que é se safar de uma prova Bate e Volta.

Desde que entrou no programa, o paranaense deixou claro sua intenção de colocar participantes que não disputaram a votação popular no paredão, para que o público decida se ele deve ou não permanecer no jogo.

Caso não vença a liderança desta quinta-feira (30), Eslô pode ir pela primeira vez para o paredão. Gustavo disse que, após a ida da sister para a berlinda, ele terá como alvo Natália, que não enfrenta o público desde o início do programa.

Acompanhe a TV NaTelinha no YouTube

Resumos de novelas, entrevistas exclusivas, bastidores da televisão, famosos, opiniões, lives e muito mais!

Inscreva-se
Termometro

Expresse seus sentimentos aos participantes de BBB22

Mais Notícias