Reportar erro
Expulso do reality

A Fazenda 2021: Nego do Borel chora e admite saudade do reality: "Não aguento nem ver as fotos"

"Saudade dos caras", lamentou o funkeiro

Nego do Borel indo às lágrimas
Nego do Borel chora em vídeo publicado - Foto: Reprodução/Instagram
Redação NT

Publicado em 28/09/2021 às 08:59:13

Nego do Borel surgiu chorando na madrugada desta terça-feira (28) em seu Instagram, falando da saudade que sente dos colegas de A Fazenda 2021. "Nunca senti tanta saudade de homem, mano. Tanto homem junto", iniciou ele, elencando os participantes que mais sente falta aqui do lado de fora.

"Eu tô com saudade do Gui, Mussunzinho, Vitão, Erasmo... Eu tô com saudade dos caras, mano. Não aguento nem ver as fotos deles. O vídeo do Tiagão chorando por causa de mim", acrescentou o músico.

O desabafo continuou ao dizer que eles teriam recebido instruções para não chegar perto dele, mas que por algum motivo, acabou conquistando os colegas. "Quando você chega no lugar no lugar e conquista a pessoa, mesmo com toda a dificuldade...", lamentou.

Nego do Borel pós-expulsão

Logo depois que foi expulso por pressão do público e patrocinadores, que apontaram possível estupro contra Dayane Mello, Nego chegou a aparecer dizendo que estava feliz, mas depois mudou o discurso.

"Eu dormi do lado de uma pessoa, sim, alcoolizada. Eu tava querendo ficar com ela, e ela querendo ficar comigo. Isso não era dali, já tinha uma história. Vocês podem ver que depois da noite, na piscina, ela fala que quer dormir comigo de novo. Eu não estou entendendo. Vou acabar tirando a minha vida, não estou blefando, estou falando do fundo do meu coração. Estou querendo saber o que fiz para merecer tanto ódio, estou sendo chamado de bandido. Amigos me abandonaram, não quiseram me escutar."

Nego do Borel

Nego mostrou que perdeu a alegria por causa da situação. "Estou com meu coração despedaçado. Saí de um reallity em que fiz amizades, estava feliz ali, sendo eu. Agora é mais uma coisa que eu perdi na minha vida. A minha palavra não tem relevância, já venho sofrendo com isso há um tempo. Esse e o racismo na cara da sociedade. É por que eu sou preto? É por que eu vim da favela? É por que eu sou funkeiro? É muita covardia o que estão fazendo.

"Vocês vão acabar tirando a minha vida, estou depressivo, triste, magoado, mal, quebrado por dentro. Não sou o monstro que as pessoas estão falando. Mais uma vez eu perdi. Era uma coisa em que eu entrei pra tentar mostrar quem eu era, para depois tentar lançar minhas músicas e trabalhar com honestidade", contou antes de concluir. "Estou cansado de tentar provar, de não ter voz. Tá f...! Obrigado, um beijo".



Mais Notícias