Reportar
erro
Exclusivo

Tati Machado elege ídolo na TV e opina sobre vitória de Arthur Aguiar no BBB 22

Jornalista bate ponto nas manhãs da Globo de segunda a sábado, na cobertura de entretenimento do Encontro e do É de Casa


Tati Machado apresenta quadro com notícias de entretenimento no Encontro e no É de Casa
“A gente sempre sonha grande, mas confesso que estou tão feliz. Cheguei a lugares que não imaginei chegar tão cedo”, relata Tati Machado - Foto: Divulgação/Globo
Por Walter Felix

Publicado em 08/05/2022 às 10:55:00

Tati Machado tem dominado as manhãs da Globo, batendo ponto no Encontro com Fátima Bernardes, de segunda a sexta-feira, e no É de Casa, aos sábados. A jornalista leva notícias de entretenimento para os matutinos, falando de temas que domina como ninguém. Em entrevista exclusiva ao NaTelinha, ela elege seu ídolo na TV e opina sobre vitória de Arthur Aguiar no BBB 22.

No Encontro, Tati Machado tem tido a chance de trabalhar ao lado de Fátima Bernardes, de quem é fã de longa data. A disciplina da apresentadora tem impressionado a repórter. “A Fátima sabe o Encontro de trás para frente, sem teleprompter. Tirei a sorte grande de poder aprender diariamente com ela, que é o meu maior ídolo na TV”, revela.

No papo, Tati conta um episódio com a colega que a obrigou a “fingir costume”: “Teve um dia, há pouco tempo, que a Fátima comentou: ‘Já chegamos em um ponto em que a gente já se fala com o olhar’. A gente se olha, faz qualquer movimento com a sobrancelha e já se entende. É aí que a gente vê que o match deu certo”.

Paralelamente às críticas por conta do jogo “morno’, o BBB 22 teve grande repercussão, o que garantiu a Tati marcar presença na cobertura diária do reality show nos programas da Globo. Para ela, a temporada foi um sucesso. “As críticas sempre estão aí, não importa o assunto. E eu acho que o legal do BBB é ter sempre os dois lados: ter quem critique e quem exalte.”

A primeira aparição da jornalista na TV foi em Gente Inocente, em que fazia participações como atriz, ainda criança. A arte chegou a ser uma opção para ela, que enveredou para a comunicação. No ar desde 2019, Tati não pensa pequeno quando o assunto é seu futuro na televisão: “A gente sempre sonha grande, mas confesso que estou tão feliz. Cheguei a lugares que não imaginei chegar tão cedo”.

Confira outros pontos da entrevista:

Fátima Bernardes: de ídolo a "match"

Tati Machado elege ídolo na TV e opina sobre vitória de Arthur Aguiar no BBB 22

Quando eu ainda era uma aspirante a jornalista, eu sempre baseava meus futuros comportamentos no que eu via da Fátima Bernardes. Achava incrível ela sair da seriedade bancada do Jornal Nacional para cobrir uma Copa do Mundo, por exemplo. Essa virada de chave de poder falar de qualquer assunto e poder se adaptar a ele sempre foi uma coisa que me atraiu.

Claro que isso só tendo carisma e, acima de tudo, muito estudo. Acho que foi isso que aprendi quando comecei a trabalhar pertinho da Fátima, diariamente: ôh mulher estudiosa, essa! A Fátima sabe o Encontro de trás para frente, sem teleprompter. Tirei a sorte grande de poder aprender diariamente com ela, que é o meu maior ídolo na TV. Ainda mais com esse “intensivão” de BBB, que acaba fazendo com que a gente fique perto de segunda a sexta, tomando as decisões juntas, trocando juntas.

Teve um dia, há pouco tempo, que a Fátima comentou: “Já chegamos em um ponto em que a gente já se fala com o olhar”. A gente se olha, faz qualquer movimento com a sobrancelha e já se entende. É aí que a gente vê que o match deu certo, mas eu sigo fingindo costume (risos).

Gente Inocente e a carreira de atriz

Tati Machado elege ídolo na TV e opina sobre vitória de Arthur Aguiar no BBB 22

Desde criança, trilhei um caminho que certamente me levaria para a profissão de atriz e posso dizer que, de alguma maneira, cheguei a ser. Mesmo criança, afinal de contas foram muitos anos de dedicação. Aprendi a lidar com dinheiro meu novinha, tendo um salário… Mas me fazia muita falta, na época, viver a adolescência e outras experiências. Foi aí que eu deixei guardada, em um cantinho do meu coração, essa paixão pela atuação.

Nunca deixei de lado o meu destino na comunicação. Não tinha outro caminho, foi orgânico. Não foi algo que eu parei para pensar.

“Neta fechamento” com avós noveleiros

Tati Machado elege ídolo na TV e opina sobre vitória de Arthur Aguiar no BBB 22

Não sei se todo mundo sabe, mas eu sou uma noveleira de plantão. Cresci com meus avós assistindo a novelas, e sempre fui aquela “neta fechamento”, de assistir junto, sabe? Agora eu vou explorar o sucesso de Pantanal para levar conteúdos especiais para o Encontro e para o É de Casa, desde histórias reais que esbarram com a ficção até spoilers dos capítulos – tem gente que não gosta de spoiler, mas eu adoro.

Também vamos ter cobertura de cenas e curiosidades que rolam nos bastidores, coisas que, quando eu não trabalhava na Globo e ainda era novinha, adolescente, eu amava conferir. Acho que o público gosta de se transportar, entender como é feita uma novela.

Fico quase que como representante desse público, porque realmente ainda me encanta muito conhecer uma cidade cenográfica, um estúdio. Ainda mais porque já fiz parte desse universo da atuação.

BBB 22: muita repercussão e muitas críticas

Tati Machado elege ídolo na TV e opina sobre vitória de Arthur Aguiar no BBB 22

O BBB é uma paixão nacional, mas diferentemente de uma novela, que é ficção, o programa é sobre a vida real. Reflete muito o que estamos vivendo na sociedade, por isso se discute tanto sobre ele, principalmente nesses meses em que todos ficam tão mersos naquele universo.

As pessoas têm o prazer de observar o outro e julgar seu comportamento, mas também de analisar e entender melhor o comportamento humano. Assistindo de casa, você se reconhece na pessoa lá dentro, pela atitude ou por alguma fragilidade. Às vezes, não tem um participante ideal, e você vai “se montando” com um pouquinho de cada um daqueles personagens.

As críticas sempre estão aí, não importa o assunto. E eu acho que o legal do BBB é ter sempre os dois lados: ter quem critique e quem exalte.

O BBB mexe com a emoção do brasileiro, mas fala muito sobre a sociedade que a gente vive. A dinâmica lá dentro mexe muito com o psicológico dos participantes e isso acaba gerando paixões e discussões. Sou suspeita para falar… É um programa que mexe muito comigo. Desde nova, sempre gostei de assistir.

Arthur Aguiar

Tati Machado elege ídolo na TV e opina sobre vitória de Arthur Aguiar no BBB 22

Essa foi mais uma temporada de bastante sucesso, e quem levou o prêmio foi uma pessoa que joga. Esse mesmo comportamento de jogador, em outras edições, já foi muito julgado. Então não existe uma receita.

O Arthur Aguiar se sobressaiu demais nessa temporada por ser um jogador, por falar que é um jogador e ter acertado em cheio. Mesmo não sabendo se estava fazendo certo lá dentro, marcou esse golaço de ganhar o carinho do público e conseguir jogar com ele.

Como o próprio Arthur falou várias vezes, ele já estava cancelado do lado de fora, e por isso entrou com menos amarras. Claro que a situação sempre pode piorar, mas ele tinha menos a perder do que outros participantes. Acho que isso o ajudou a conquistar um novo público, a reconquistar o público dele. Esse foi mais um BBB incrível com tramas incríveis e com mais gente saindo para o estrelato, tanto da pipoca quanto do camarote.

Futuro na TV

Tati Machado elege ídolo na TV e opina sobre vitória de Arthur Aguiar no BBB 22

A gente sempre sonha grande, mas confesso que estou tão feliz. Cheguei a lugares que não imaginei chegar tão cedo.

Comecei a trabalhar com minha imagem da Globo, na internet, em 2017, e na TV em 2019. Muitos desafios já passaram por mim, eu não sou de desperdiçar, não! Quero poder construir, de degrau em degrau, uma carreira que me orgulhe e que faça sentido com a pessoa que eu sou. Que eu olhe para mim e fale: é a mesma menina por trás das câmeras. Esse é o meu desejo.

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias