Reportar erro
Dono do banco

Carlos Alberto de Nóbrega revela preconceito de Regina Casé com a Praça: "Tinha muito"

Humorístico estava longe de ser unanimidade na Globo

Carlos Alberto de Nóbrega em podcast com semblante sério e camisa vinho
Carlos Alberto de Nóbrega lamenta preconceito da Globo e Regina Casé - Foto: Reprodução/YouTube
Redação NT

Publicado em 28/12/2021 às 11:44:36,
atualizado em 28/12/2021 às 12:03:24

Carlos Alberto de Nóbrega esteve nesta terça-feira (28) no podcast Inteligência Ltda., e falou sobre o tempo que A Praça é Nossa [ainda Praça da Alegria] era exibida pela Globo, entre 1977 e 1978. O dono do banco, ainda, lamentou que Regina Casé tenha se recusado a gravar com ele por integrar um programa popular. "Tinha muito preconceito", assegurou.

O contratado do SBT afirma que quando foi entregar a primeira Praça na Globo, se colocou à disposição para comandar o programa, ideia que foi vetada por Boni. "Ele disse que não, 'nem você e nem o Chico [Anysio]'. Tem que ser alguém totalmente diferente do seu pai. Se você der certo, o sucesso vai ser do teu pai, se der errado, teu pai que é bom, você que é ruim. O Miele [Luiz Carlos] começou fazendo a Praça na Globo. A Globo não engolia A Praça, era um programa popular."

Na visão de Nóbrega, a Globo queria algo mais elitista, tanto que mesmo com bons números de audiência, o programa foi cancelado pouco mais de um ano depois. E havia preconceito por parte do elenco da emissora com o humorístico. "Tinha uma novela, Espelho [Mágico], que o Lima Duarte fazia o papel de um palhaço fracassado, e a Regina Casé era a filha que estava em ascensão", recordou.

"Quero que ela seja feliz", diz Carlos Alberto de Nóbrega

"No último capítulo da novela, eu tinha que entrar e houve uma pressão. 'Não vai entrar'. O Lima não, ele queria entrar. Até hoje eu não sei porque [Regina Casé teve preconceito] eu era amigo do pai dela", acrescentou.

O veterano recordou uma passagem quando um comentário o incomodou, mas não especificou quando foi isso. "Uma vez ela fez um comentário quando tava fazendo A Praça aqui em São Paulo e eu tava ganhando do programa dela. E ela fez um comentário. 'Perder é normal, chato é perder pra Praça'. Nunca falei nada, quero que ela seja feliz. Nada contra ela. Tremenda de uma atriz, era muito amigo do pai dela, mas tinha muito preconceito", encerrou.

Confira o trecho:



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias