Reportar erro
Sem papas na língua

Sônia Abrão detona João de Deus: "É um criminoso"

Apresentadora comentou a prisão do médium

Sônia Abrão no A Tarde é Sua
Sônia Abrão criticou João de Deus - Foto: Reprodução/RedeTV
Redação NT

Publicado em 27/08/2021 às 16:27:15

A apresentadora Sônia Abrão comentou a nova prisão de João Deus e não escondeu sua indignação com o médium. Durante o A Tarde é Sua desta sexta-feira (27), a comunicadora detonou o ex-líder religioso e ressaltou ao público que há mais de 100 denúncias contra ele.

“João de Deus ele nunca foi. Ele é um criminoso, realmente, e deve mofar na cadeia. Depois ele presta contas com Deus, no qual usou falsamente o sobrenome”, disparou a jornalista. Os integrantes da Roda da Fofoca concordaram com a apresentadora.

O médium foi preso na última quinta (26). Ele é acusado de estupro de vulnerável envolvendo oito mulheres. A denúncia foi feita pelo Ministério Público de Goiás em 13 de agosto para a Justiça do estado, que acatou o pedido e decretou que ele deixasse o regime aberto e voltasse para a prisão.

O mandado foi assinado pelo promotor de Justiça Luciano Miranda Meireles. Ele é responsável por coordenar a força-tarefa que investiga as acusações contra o ex-líder religioso desde 2018.

João foi denunciado 14 vezes e já recebeu quatro condenações, por violação sexual mediante fraude, na modalidade tentada, violação sexual mediante fraude e dois estupros de vulneráveis, cinco estupros de vulneráveis, violação sexual mediante fraude contra uma vítima, posse irregular de arma de fogo de uso permitido e posse irregular de arma de fogo de uso restrito.

Denúncia contra João de Deus foi feita a Pedro Bial

Em 2018, a coreógrafa holandesa Zahira Mous denunciou o abuso sexual sofrido por ela pelo médium em entrevista ao programa Conversa com Bial. Após a exibição do relato, centenas de novas acusações vieram a público, levando a prisão de João de Deus.

O Globoplay disponibilizou a série Em Nome de Deus, que revela a vida paralela do ex-líder espiritual, com uma ampla rede de proteção local e crimes graves envolvendo lavagem de dinheiro, homicídio e abuso sexual.

Roteirizada por Camila Appel e Ricardo Calil, a série é conduzida por Pedro Bial. A produção traz entrevistas com as vítimas e celebridades que já foram próximas do médium.



Participe do grupo e receba as principais notícias sobre Novelas.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias