Reportar erro
Na polícia

Jornalista da TV Câmara denuncia chefe por agressão: "Não consigo dormir"

Profissional foi esculachada pelo antigo patrão em local de trabalho

Renata Fernandes Paiva mostrando braço roxos
Jornalista da TV Câmara denuncia chefe por agressão - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 27/08/2021 às 22:42:00

Renata Fernandes Paiva, jornalista que desempenhava suas funções na TV Câmara de Natal (RN), denunciou suposta agressão de seu chefe no canal, Francisco Rodrigues Neto. Segundo a profissional, ela teria ido ao antigo gabinete para pegar um material quando foi impedida pelo ex-patrão, que a agarrou pelos braços e a forçou a sair do local. Nas imagens divulgadas pela jornalista, ela aprece com manchas roxas em partes do corpo.

"Apenas fui pedir um material meu que está dentro da TV (Câmara). Eu fiquei muito mal, ainda estou muito mal emocionalmente, porque essas coisas não são só físicas, elas causam dano psicológico muito grande. Eu me consultei com uma médica que me prescreveu uns remédios para eu poder me acalmar e dormir. Há sete dias que não consigo dormir", contou ao O Globo.

O caso teria acontecido no dia 19 de agosto, mas só agora que a profissional de comunicação resolveu denunciar o caso. Segundo ela, não procurou a polícia antes por medo de ser demitida.

"Fiquei com medo de sofrer represária, mas meu advogado me recomendou denunciar e divulgar. Tenho um laudo, fiz boletim de ocorrência e vou tomar todas as medidas judiciais cabíveis. Ele está afastado da TV. Eu tenho duas testemunhas. E foi isso que aconteceu, única e exclusivamente porque eu pedi o meu material de trabalho de pesquisa de volta", contou.

O caso de suposta lesão corporal está sendo investigado pela Polícia Civil do Rio Grande do Norte. O NaTelinha não consegiu contato com Francisco Rodrigues Neto para comentar o assunto.

Jornalista é atropelado pela polícia

O repórter J. Morhaes foi atropelado enquanto gravava uma matéria para o jornal da TV Suruí, afiliada da TV Cultura em Rondônia. O jornalista estava ensaiando uma passagem para o noticiário em Cacoal (RO), quando uma viatura da Polícia Militar aparece de ré em direção ao comunicador. Na sequência, o carro bate fortemente contra o repórter, que se assusta.

 

Durante o Bom Dia SPo repórter Alessandro Jodar relatou caso curioso no dia em que tomou vacina contra Covid-19. O jornalista narrou a hora em que a aplicadora do imunizante injetou a vacina no seu braço. Segundo o comunicador, a profissional perguntou sobre o físico dele, o deixando sem graça, já que é magro. A âncora Michelle Barros não conseguiu segurar o riso e gargalhou o vivo.

 

Mais Notícias