Reportar erro
Pancadaria

André Marinho e Tomé Abduch trocam socos no Pânico: "Chorão"

Os dois perderam o controle ao discutirem sobre política

André Marinho e Tomé Abduch trocando socos no programa Pânico
André Marinho e Tomé Abduch brigaram ao vivo - Foto: Reprodução/YouTube
Redação NT

Publicado em 11/05/2021 às 14:39:00,
atualizado em 11/05/2021 às 18:59:58

Nesta terça-feira (11), André Marinho e Tomé Abduch trocaram socos no programa Pânico, da rádio Jovem Pan. A confusão iniciou por causa de uma discussão política e Emílio Surita, apresentador da atração, precisou chamar o intervalo comercial. No retorno, o comunicador pediu desculpas aos espectadores e informou que conversaria com os envolvidos na briga fora do ar, encerrando a produção.

O clima foi ficando tenso quando eles começaram a debater sobre questões de corrupção e escolhas políticas. Em uma das explicações, Tomé cutucou Marinho. “Na hora que você precisa tomar uma decisão, poucos homens tomam decisão. Alguns ficam em cima do muro jogando pedra em todo mundo, que é o teu lado”, disparou.

Abduch seguiu se posicionando e André riu, de forma sarcástica, das falas do empresário. “Aí vem um babaca desse...”, disse o comentarista político, não escondendo sua insatisfação. “Valeu, chorão. Chora por político”, rebateu Marinho, o que levou Tomé a se levantar e partir pra cima do integrante do Pânico.

Emílio tentou apaziguar, mas não conseguiu evitar a confusão. Ao fundo, a produção colocou a música que ficou conhecida no Programa do Ratinho, enquanto Rogério Morgado se divertiu ao realizar imitações. “Vai, Sombra”, brincou o humorista, fazendo referência ao locutor da atração do SBT.

Por causa da briga, Surita chamou o intervalo comercial e, no retorno, se desculpou com o público. “Peço desculpas a nossa audiência. Os ânimos se acirraram aqui. Você sabe que a democracia é ruidosa mesmo e a gente perde o controle da situação, mas tá tudo bem, posso garantir pra vocês. Tá cada um no seu lado e depois nós vamos conversar fora do ar”, declarou.

“Você sabe que não era o nosso objetivo a discussão ir para o lado pessoal, mas você sabe como as coisas funcionam neste momento, principalmente agora que vivemos neste momento quente com política”, encerrou.

Briga no Pânico

Não é a primeira vez que ocorre troca de socos no programa Pânico. Em 2019, Augusto Nunes perdeu o controle ao debater com o jornalista Glenn Greenwald. “Vou te mostrar quem é covarde”, disparou Nunes na época, desferindo dois tapas nele - e acertando um.

A equipe do Pânico se levantou e rapidamente apartou a briga. “Eu te mostro quem tem coragem”, repetiu o jornalista da Record. Gleen partiu para cima de Augusto e deu um soco na direção do rival, mas não é possível identificar se ele acertou o golpe.

Mais Notícias