Reportar erro
Confusão

Eduardo Bolsonaro e André Marinho batem boca no Pânico: "Conheço sua laia"

Atrito ocorreu ao vivo nesta sexta (30)

André Marinho e Eduardo Bolsonaro no programa Pânico, da Jovem Pan
André Marinho e Eduardo Bolsonaro brigaram no programa Pânico - Foto: Reprodução/YouTube
Redação NT

Publicado em 30/04/2021 às 18:20:07

André Marinho e o deputado federal por São Paulo, Eduardo Bolsonaro, discutiram ao vivo durante o programa Pânico, na rádio Jovem Pan, nesta sexta-feira (30). Marinho acusou o filho do presidente Jair Bolsonaro de tentar barrá-lo na atração e o parlamentar afirmou que o integrante da produção estaria atacando sua família por interesses políticos.

"Eu estou aqui, arriscando a minha pele, saí da minha zona de conforto no RJ para tentar a sorte aqui em SP e nas primeiras semanas aqui, vem você, com seus assessores, dar carteirada na produção, falando "o Marinho não participa!' Você estava com medo”, disse André.

“Porque você queria palanque eleitoral pra se lançar candidato. Conheço sua laia, conheço seu pai. Sua família não é querida por ninguém, a única forma do seu pai ser eleito é derrubando meu irmão. O Dória quer derrubar o meu pai, você acha que vou dar brecha pra você?”, rebateu Bolsonaro.

O clima ficou quente e houve até acusações. “Cara, é o seguinte: funcionário fantasma de mensaleiro, descredibilizado”, disparou Marinho. “Funcionário fantasma de mensaleiro, cara? Calma aí… Vá te catar você”, retrucou Eduardo, demonstrando insatisfação.

André também criticou o presidente Jair Bolsonaro e outros familiares de Eduardo. “O mito virou superstição. Dá pra ver que ele fez escola e demonstra um vestígio claro de mitomania. Então, vamos começar pelo primeiro ponto aqui. Você fala que o senador que se omitir neste contexto, cara, vai pagar o preço eleitoral lá na frente. O que aconteceu quando o teu irmão, o senador Flávio Bolsonaro, mancomunado com o PT, melou a Lava Toga, que era a chance ímpar”, relatou.

“Segundo ponto. Eu estou aqui, na maior emissora de rádio do país, correndo atrás do meu, botando a cara, arriscando a própria pele no setor privado, coisa que você não faz ideia do que é, basicamente”, acrescentou ele.

“Então o setor público é vagabundo? Quando eu estava na PF [Polícia Federal] era vagabundo?”, indagou Bolsonaro. “Eu trabalho pra c******”, completou o deputado federal.

Briga de Marinho e Bolsonaro repercute

A briga de André Marinho e Eduardo Bolsonaro chamou a atenção de internautas e repercutiu nas redes sociais. “Tem que cobrar todos os deputados mesmo. André teve muita coragem ao enfrentar o Eduardo”, opinou um seguidor.

Confira a repercussão:



Mais Notícias
Outros Famosos