Reportar erro
Vetos

Marcos Mion estava amarrado à Record e foi proibido de ir na Globo

Marcos Mion agora faz parte do casting da Netflix

Marcos Mion como contratado da Netflix
Marcos Mion cumpriu por três meses seu "aviso prévio" na Record: calado e amarrado - Foto: Reprodução/Montagem/NaTelinha
Thiago Forato, com Fabrício Falcheti

Publicado em 30/04/2021 às 04:00:00,
atualizado em 30/04/2021 às 10:20:03

Demitido da Record no final de janeiro, Marcos Mion teve que cumprir seu contrato com a emissora até o último dia, em 28 de abril. Na manhã seguinte (29), anunciou um novo projeto na Netflix, e agora está livre das amarras contratuais do canal de Edir Macedo, que foram rigorosas e envolveu até proibição de falar sobre autismo na Globo.

O acordo com a Netflix já vinha sendo costurado ao longo dos últimos três meses, mas só pode ser anunciado agora pelo contrato vigente com a Record. Mion vinha recebendo normalmente seu salário, mas a emissora, segundo apurado pelo NaTelinha, fez de tudo para que ele fosse amarrado e minado.

A Globo, que dificilmente pede liberação para artistas de emissoras concorrentes, solicitou à Record que Mion falasse sobre autismo em um dos programas da casa. A emissora fez jogo duro e negou pedido, obrigando que o ex-apresentador de A Fazenda ficasse quieto, cumprindo normalmente seu contrato.

Até hoje, a Record nunca divulgou oficialmente o rompimento entre as partes. A informação foi publicada por meio do colunista Flávio Ricco, do R7, há pouco mais de três meses. Desde então, Mion ficou recebendo, mas com a dificuldade de tentar projetar seu futuro em outras emissoras.

A saída de Marcos Mion da Record

 Marcos Mion estava amarrado à Record e foi proibido de ir na Globo

O apresentador também nunca se manifestou publicamente após a demissão. Um dia depois da notícia, logo se especulou sobre seu destino. Mion chegou a fazer um vídeo enigmático, onde aparecia mexendo no computador e vendo seu arquivo de fotos em uma pasta intitulada Record - 2010/2020. Passando pelas imagens, voltou e criou uma outra pasta, mas quando escreveria o "destino", encerrou o vídeo.

A demissão da Record causou espanto do público e desagradou anunciantes. A próxima edição de A Fazenda, que estreia em setembro, já contava com plano comercial pronto e Mion era o garoto-propaganda da atração. Mas, os embates nos bastidores entre ele e Rodrigo Carelli se tornaram frequentes.

Os atritos em 2020 deixaram sequelas e a gota d'água teria acontecido ainda no início do ano, quando havia a especulação de que ele poderia fazer parte do casting da Globo.

Marcos Mion estava na Record desde 2010 quando estreou o Legendários. O programa durou até 2017. Na emissora, ainda apresentou Ídolos, A Casa e A Fazenda por três temporadas. Também fez participações em novelas como Vidas em Jogo (2011), Rebelde (2012) e Topíssima (2019).



Mais Notícias