Reportar erro
Desaprovou

Sônia Abrão detona documentário de Karol Conká: "Homenagem para a maldade?"

Apresentadora não gostou da produção

Sônia Abrão (à esquerda) e Karol Conká (à direita) em foto montagem
Sônia Abrão não poupou o documentário de Karol Conká - Foto: Montagem
Redação NT

Publicado em 29/04/2021 às 16:16:00,
atualizado em 29/04/2021 às 16:16:39

O Globoplay lançou nesta quinta-feira (29) a série documental A Vida Depois do Tombo, que relata a vida de Karol Conká após deixar o BBB21, mas Sônia Abrão não gostou nem um pouco da produção. A apresentadora do A Tarde é Sua, da RedeTV!, criticou a plataforma por dar espaço para a cantora e justificou que ainda não “cicatrizou” a insatisfação do público com a ex-confinada.

“Por que a pior participante da história do programa ganhou um documentário? É homenagem para a maldade?”, disparou a jornalista. “A pior participante da história que a gente viu, porque ela não era a malvadinha, a malvadona ou a vilã. Ela passou dos limites”, acrescentou.

Sônia declarou que Karol foi premiada e ironizou a decisão da Globo em dar uma atração para ela. “Vamos ser a mais detestada [do BBB], a mais rejeitada e vamos ganhar um documentário. Legal, né? Acho o fim da picada”, desabafou.

“O que eu vi ali foi um compacto de tudo que ela saiu do Big Brother. Falas ensaiadas, lágrimas de crocodilo, não convence, não passa. Por que não esperaram a final? As vítimas dela não foram só o Lucas, o Bil e a Carla Diaz. Por que não esperaram o depoimento da Juliette, que também foi vítima”, continuou.

Na visão da apresentadora, era preciso um tempo maior para que o público digerisse tudo o que ocorreu no BBB21. “Ainda não deu [para digerir]. Aquele impacto de coisa ruim ainda tá aqui dentro. Não dá pra olhar com aqueles olhos mais bondosos o lado dela. Precisa de tempo pra abrir esse coração peludo”, opinou.

Por fim, ela deixou claro que não acreditou no arrependimento da cantora e que tudo foi ensaiado. “Quem acreditar nisso é bobo, quem acreditar nisso acredita em papai Noel. É o mesmo papinho furadíssimo, cínico e mal interpretado que é uma pobre coitada”, finalizou.

Sônia Abrão já tinha desaprovado a ideia

Sônia Abrão detona documentário de Karol Conká: \"Homenagem para a maldade?\"

No dia 12 de abril, durante o A Tarde é Sua, Sônia ficou muito incomodada ao saber que o Globoplay lançaria um documentário sobre a vida de Karol Conká após o BBB21. “Que ideia infeliz”, comentou na época.

Sônia nunca escondeu sua indignação com o comportamento da cantora no confinamento, principalmente contra Lucas Penteado e Juliette. Ao saber que nenhum colega de reality show quis ver a artista presencialmente, a apresentadora disse: “Dá pra entender”.

“Tá certo, pra quem está de fora tá difícil esquecer tudo que ela fez, mesmo as coisas do jogo ficando no jogo, imagina quem teve direto ali com ela”, opinou a comunicadora na ocasião. Ela ressaltou que a postura de Conká contra Carla Diaz, Lucas Penteado e Arcrebiano, que já foram eliminados, foi muito negativa.

Documentário de Karol Conká

Sônia Abrão detona documentário de Karol Conká: \"Homenagem para a maldade?\"

O título faz referência ao verso principal do hit Tombei, o maior sucesso da carreira de Karol Conká. Além de render à artista o apelido de Jaque Patombá, a frase "Já que é pra tombar, tombei" foi ainda utilizada pelo apresentador Tiago Leifert ao fazer o anúncio da eliminação, em fevereiro. O episódio também deu recorde histórico de audiência ao BBB.

Durante sua estada no confinamento, Karol colecionou polêmicas e sofreu acusações, incluindo por agressão verbal, assédio, tortura psicológica e xenofobia. Na saída do jogo, a rapper atribuiu os conflitos na casa à sua "animosidade" e pediu desculpas pelo mau comportamento.



Mais Notícias