Reportar erro
Ficou pistola

Datena dispara xingamentos ao vivo: "Safado, vagabundo, canalha, lixo"

Apresentador não poupou críticas durante o Brasil Urgente

Datena irritado, com a mão levantada
Datena ficou irritado ao vivo - Foto: Reprodução
Redação NT

Publicado em 20/04/2021 às 19:42:00,
atualizado em 20/04/2021 às 19:42:19

Durante o Brasil Urgente desta terça-feira (20), José Luiz Datena se estressou após exibir matéria em que aponta um desvio de R$ 200 milhões na área da saúde. O apresentador não poupou xingamentos para políticos e funcionários do poder público que facilitam a corrupção dentro das prefeituras e governos. O jornalista também criticou empresários  que participam de ações ilícitas com dinheiro público.

"A coisa vai roncar, a cuíca vai roncar pra quem tiver dentro das prefeituras também. Tem que ser investigado esses caras aí. Não adianta vim com arrogância não porque nós não temos medo de você não, seu vagabundo, sacana que tomou dinheiro do povo. Tinha que ter investigação séria nesse país aqui porque vocês iam ver o que ia ter de gente vagabunda, não só dessas organizações, mas como facilitadores dentro de prefeituras, dentro de governos", analisou Datena.

"Facilitando o crime organizado entrar dentro da política... Deveriam ser investigados esses canalhas, vagabundos, que gostam de ameaçar os outros, seus vagabundos, safados, salafrários e sem vergonhas. Deveria ter pena de morte pro cara que rouba dinheiro da saúde em plena pandemia, ou estou errado no que tô falando aqui? Seu safado, vagabundo, sem vergonha, canalha, assassino, lixo", pistolou Datena.

Veja o momento a partir de 1h22':

Datena se irrita com produção do Brasil Urgente

Recentemente, Datena ficou irritado com uma produtora do programa que falava com o apresentador através do ponto eletrônico em hora imprópria. O jornalista teria que chamar a Cátia Fonseca para continuar um bate-papo após um vídeo de uma entrevista. No final da gravação, Datena se estressou e deu pito com a produtora.

Em outra ocasião, Datena acabou criticando o presidente Jair Bolsonaro ao citar descaso de governadores durante a pandemia da Covid-19. O desabafo foi logo após o programa exibir uma matéria mostrando famílias que estão passando fome no Brasil. 



Mais Notícias