Reportar erro
Na TV

Economia prateada é destaque no Globo Repórter

Brasileiros com mais de 50 que conseguem ainda se manter ativos

Globo Repórter
Globo Repórter - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 02/04/2021 às 15:32:14

No Globo Repórter desta sexta-feira, dia 02/04, as repórteres Sandra Annemberg e Beatriz Castro ouvem homens e mulheres com mais de 50 anos que trabalham, consomem, empreendem e se divertem.

Hoje, quase 55 milhões de brasileiros têm mais de meio século de vida e são responsáveis por 42% de tudo o que é consumido no país. É a chamada “Economia Prateada”, uma referência aos cabelos grisalhos, que movimenta 1 trilhão e 800 bilhões de reais por ano. Em menos de 20 anos, 50% do mercado de trabalho brasileiro será formado por pessoas acima de 50 anos.

“Quem tem mais de 50 está quebrando mitos. Somos pessoas ativas, produtivas, cheias de experiência, com desejos, energia, muita história para contar e com um longo caminho pela frente”, adianta Sandra Annemberg. “Há uma década, ter mais de 50 anos significava começar a pensar em parar. Hoje, é começar a pensar em mudar, se reinventar, descobrir o novo”, complementa a apresentadora. Aos 59 anos, a repórter pernambucana Beatriz Castro segue mais ativa do que nunca e define o público que será retratado no programa dessa semana.

Assim como Sandra e Beatriz, que seguem ativas depois dos 50, o programa conta histórias de pessoas que se redescobriram numa fase mais avançada da vida. Como as sócias que lançaram uma empresa digital aos 60; o casal que deu uma guinada na vida ao decidir sair da cidade e criar um novo negócio depois dos 50; a costureira que se viu sem emprego na pandemia e hoje demonstra mais energia que muitos jovens; o senhor que entrou na faculdade com quase 60 anos e hoje participa de um programa de estágio em uma empresa multinacional para estudantes com mais de 55 anos.

O Globo Repórter vai ao ar logo após mais uma edição do BBB21, começando a partir das 23h10 (horário de Brasília), na tela da Globo.

Mais Notícias