Reportar erro
Satisfeito

Datena detona Donald Trump no Brasil Urgente: "Pior presidente da história"

Apresentador criticou o ex-presidente dos EUA

 Datena detona Donald Trump no Brasil Urgente: "Pior presidente da história"
Datena comemorou saída de Trump da presidência - Foto: Reprodução/Band

Redação NT

Publicado em 20/01/2021 às 16:40:00

Donald Trump deixou a presidência dos Estados Unidos e Joe Biden assumiu o cargo nesta quarta-feira (20). Durante o Brasil Urgente, José Luiz Datena criticou o antigo governante e o chamou de “pior presidente” do país norte-americano. Cátia Fonseca concordou com o colega e afirmou que o empresário “não sabe perder”.

A apresentadora terminou o Melhor da Tarde e fez dobradinha com o jornalista. Eles mostraram imagem da cerimônia de posse do novo presidente dos EUA. “Finalmente a democracia venceu. Saiu o pior presidente da história americana, que foi o Donald Trump, e assume Joe Biden”, disparou Datena.

Cátia Fonseca concordou com o colega. “Feio o que o Trump fez. Nem passar o cargo ele fez. A atitude final dele. É mimadinho. Não sabe perder”, declarou. “Ele foi horroroso do começo ao fim. Bem típico da característica dele. É um mau perdedor”, completou o responsável pelo Brasil Urgente.

Trump foi o quarto presidente – e o primeiro em mais de 150 anos – a não comparecer à cerimônia de posse de seu sucessor. Joe Biden assumiu o cargo, ao 12h desta quarta (14h em Brasília). O ex-governante já havia ido embora de Washington e chegado em seu resort, na Flórida.

Cátia já tinha criticado , no Melhor da Tarde, a atitude de Donald. “Uma coisa muito chata q eu achei, [Eduardo] Barão, que ele [Trump] foi o único presidente ao longo de mais de 100 anos que não esteve na posse do atual presidente. Parece que ele não sabe perder, né?”.

Joe Biden presidente

Joe Biden foi escolhido pelos Democratas para representar o partido nas eleições americanas de 2020, disputando contra Donald Trump, do partido Republicano. O então ex-vice-presidente americano enfrentou o empresário, que buscava a reeleição.

Em novembro, Biden foi eleito presidente do país norte-americano, fato que Trump não aceitou no início, chamando a votação de fraude. Após um grande imbróglio, Joe acabou sendo nomeado chefe do Executivo dos EUA e governará o país até janeiro de 2025, caso não seja reeleito.



Mais Notícias