Reportar erro
Meu Bem, Meu Mal

Fantástico comete gafe e mata personagem que não morre em novela

Reportagem do programa sobre Meu Bem, Meu Mal cometeu alguns equívocos

Lima Duarte como Dom Lázaro em Meu Bem, Meu Mal
Dom Lázaro em Meu Bem, Meu Mal - Foto: Reprodução/Globo
Redação NT

Publicado em 05/10/2020 às 11:27:04

O Fantástico divulgou no último domingo (4) a entrada de Meu Bem, Meu Mal (1990-1991) no catálogo do Globoplay, mas a reportagem cometeu alguns equívocos sobre a história escrita por Cassiano Gabus Mendes no horário das 21h. Na matéria da revista eletrônica, Dom Lázaro (Lima Duarte) é dado como morto e tratado como vilão, fatos que não condizem com o desenrolar da trama, e sofreu críticas nas redes sociais.

“O vilão da história era o empresário Dom Lázaro, personagem de Lima Duarte”, disse a reportagem. No folhetim, o homem é tratado como uma pessoa dura, amarga, ressentida e tenta controlar a todos, gerando atritos com todos que estão ao seu redor, mas suas ações não são vistas como vilania.

No meio da trama, Dom descobre que sua nora, Isadora Venturini (Sílvia Pfeifer), está tendo um caso com Ricardo (José Mayer). A informação o deixa nervoso, o que lhe causa um derrame. O personagem fica durante um bom período sem os movimentos e perde a fala.

Uma das cenas icônicas da produção é quando ele volta a pronunciar uma frase. “Eu prefiro melão”, afirmou o empresário. Claro que o momento faz com que a trama dê uma nova virada, mudando a vida de todos os envolvidos na produção. Só que a reportagem relatou que o empresário morreu e nasceu um “quem matou?”.

“Dom Lázaro acabou indo de uma dessa para melhor. Aí começa uma história de quem vai ficar com as ações da empresa, se alguém matou Dom Lázaro e não poderia faltar o mordomo que sabe tudo”, explicou o Fantástico. Contudo, o personagem de Lima Duarte não morre na produção.

Confira a repercussão:

Meu Bem, Meu Mal no Globoplay

Meu Bem, Meu Mal entrou no catálogo do Globoplay na semana passada e é um dos clássicos de Cassiano Gabus Mendes. A produção faz parte da inclusão de 50 folhetins que farão parte do serviço de streaming da empresa nas próximas semanas.

A história é ambientada em São Paulo. Dom Lázaro precisa conviver com Ricardo Miranda, fruto da traição da mulher do empresário com seu melhor amigo. Ele tenta comprar os 30% das ações da empresa que seu inimigo possui, mas o rapaz não cede a pressão.

Lázaro ainda traz sua irmã Valentina (Yoná Magalhães) da Europa após a morte do seu filho, Cláudio (Herson Capri). É Valentina que atrapalha os planos de Isadora, viúva de Cláudio e amante de Ricardo.

Mais Notícias