Fim de ciclo

Rachel Sheherazade deixa SBT Brasil sem se despedir

Apresentadora explicou na internet por que não deu adeus na TV

Rachel Sheherazade deixa SBT Brasil sem se despedir
A jornalista Rachel Sheherazade na bancada do SBT Brasil - Foto: Reprodução/SBT

Publicado em 28/09/2020 às 20:00:01 ,
atualizado em 28/09/2020 às 21:47:42

Por: Paulo Pacheco

Rachel Sheherazade não é mais apresentadora do SBT, porém os telespectadores do SBT Brasil souberam desta informação apenas porque a jornalista publicou um vídeo em seu canal na internet na noite desta segunda-feira (28). Ela afirmou que a emissora antecipou o fim de seu vínculo, previsto para encerrar em 31 de outubro, e a impediu de se despedir do público na TV.

Márcia Dantas comandou o SBT Brasil nesta segunda. Sheherazade, que já havia sido punida por Silvio Santos após emitir opiniões contrárias ao presidente Jair Bolsonaro, apareceu na bancada do telejornal pela última vez na quinta-feira, 24 de setembro.

Em desabafo no YouTube, Sheherazade explicou por que não pôde se despedir ao vivo do telejornal que apresentou durante nove anos.

"Há cerca de um mês, eu e o SBT decidimos não renovar a nossa parceria de quase dez anos. Nosso contrato deveria seguir até 31 de outubro desse ano, mas o SBT me comunicou através de um e-mail, que a partir de hoje, segunda-feira, 28 de setembro, eu não mais precisaria voltar à emissora e, portanto, apresentar o SBT Brasil. Então a empresa dá por cumprido o nosso trato", afirmou a jornalista.

"Em nome dos quase dez anos que eu estive à frente do SBT Brasil, que é o principal jornal da emissora, e sendo, portanto, a jornalista que mais tempo esteve representou esse noticiário, esteve à frente da bancada --aliás o SBT completou 15 anos agora; desses 15, dez anos eu estive à frente--, eu achei que seria de bom tom não sair à francesa", prosseguiu Sheherazade, exaltando ter sido responsável pelo crescimento da audiência do telejornal.

"Em consideração e respeito a vocês, meu público, eu venho neste horário habitual dos telejornais dizer adeus a vocês. Adeus não, um até breve. Eu sou muito grata porque nos últimos dez anos eu estive com vocês todas as noites no SBT Brasil, transmitindo as notícias do Brasil e do mundo diariamente. Confesso que foi um desafio tirar o jornal que tinha uma média de três pontos de audiência e deixá-lo como hoje deixo, com uma audiência média de seis, sete pontos. Houve tempos, nos bons tempos em que a opinião era uma marca do SBT Brasil, em que nós chegamos a incríveis dois dígitos de audiência", continuou ela, alfinetando o veto de Silvio Santos a suas opiniões.

"Sim, as opiniões que vocês tanto sentem falta, elas levaram o meu nome e o nome do SBT Brasil ao noticiário. Nunca pensei que jornalista pudesse ser notícia, mas enfim, o nosso jornalismo virou notícia e nós fomos tema inúmeras vezes de matérias, entrevistas nos principais jornais, televisões, portais de notícias do Brasil, e a imprensa estrangeira também nos percebeu. Eu fico honrada em saber que contribuí para que o SBT Brasil fosse visto e não só visto, debatido, repercutido. É nesse jornalismo que eu acredito. Jornalismo que faz a gente parar e pensar. Pensar e sair do canto, agir, mudar", complementou Rachel.

Rachel Sheherazade: "Não pude me despedir"

A jornalista continua seu vídeo de despedida do SBT elogiando seus colegas de bancada nos últimos nove anos à frente do SBT Brasil.

"Nesses últimos dez anos, eu dividi a bancada do SBT Brasil com grandes jornalistas. Primeiro com meu grande amigo Joseval Peixoto. Que bela parceria nós fizemos, com opiniões, tanto no SBT Brasil quanto na rádio Jovem Pan. Nós dividimos também a bancada do Jornal da Manhã, fizemos uma bela parceria tanto na TV quanto no rádio. Eu tive a honra de compartilhar também a bancada do SBT Brasil com ninguém menos do que Carlos Nascimento, destaque do jornalismo nacional. E, nos últimos meses, tive a gratíssima companhia do Marcelo Torres, um querido amigo e um grande jornalista também, jornalista de mão cheia, completo", declarou.

Em seguida, Rachel lamentou não ter podido se despedir do público no ar nem da equipe com quem trabalhou e cultivou amizades.

"Eu, infelizmente, não tive a oportunidade de me despedir dos meus telespectadores, dos meus colegas, dos meus amigos que eu fiz na emissora, e por isso eu estou tentando fazer agora. Não posso citar todos os nomes, mas sim, eu vou sentir muita falta de vocês. É muita gente que não cabe aqui no vídeo, mas cabe no meu coração, vocês sabem disso. Eu não vou esquecer vocês, espero revê-los breve e sempre", disse.

"Quanto a vocês, meus telespectadores, quero agradecer pela companhia fiel desde o primeiro dia até o último, na última quinta-feira. Mas fiquem tranquilos que esse não é o último capítulo, é só um capítulo novo, cheio de expectativas, de sonhos, de desafios, do jeito que eu gosto, de possibilidades, é assim que eu gosto. Eu sei que cada escolha equivale a uma renúncia, a gente não pode abraçar o mundo, e eu escolhi seguir em frente, mudando, crescendo, evoluindo como jornalista. Porque, vocês sabem, é dever de todo espírito livre abominar as amarras e ir além. então, muito obrigada a todos vocês e até breve", concluiu.


Siga o NaTelinha nas redes sociais

Reportar erro

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!