Reportar erro
Vida intensa

Carolina Ferraz por trás das câmeras do Domingo Espetacular: Tragédias, namoros e tretas

Atriz e apresentadora tem uma vida intensa

Carolina Ferraz posa para foto
Carolina Ferraz é muito mais intensa do que se vê nas telas - Foto: Divulgação
Daniel César

Publicado em 12/07/2020 às 07:44:00

Carolina Ferraz assume o posto de apresentadora do Domingo Espetacular, da Record, neste domingo (12). Mesmo com experiência de apresentadora - ela comandou o Fantástico, na Globo, no início dos anos 90 -, a artista se consagrou mesmo como atriz. Mas ela vai muito além do que se vê no trabalho e é uma mulher altiva e multifacetada, rica em polêmicas e coleciona namorados ao longo de sua vida.

O último trabalho de Carolina Ferraz como atriz da Globo foi em 2016, quando esteve na trama das 19h Haja Coração. Depois disso, ela virou youtuber e lançou seu canal na plataforma de vídeos no ano passado. Além disso, investiu na carreira de empresária e planeja lançar um aplicativo de culinária, já que comandou por três anos o programa Receitas de Carolina, no GNT.

Mas Carolina é muito mais que trabalho, ela convive com tragédias desde sempre. Quando tinha 14 anos, a artista perdeu o pai, assassinado em Goiás a mando de um empresário da região. Alguns anos depois, ela viu o irmão morrer com 29 anos, vitimado pela Aids. Mas tudo isso não a desanimou. "Sou o que sou devido a tudo que me aconteceu. Inclusive o fato de terem matado meu pai da forma violenta que foi, inclusive a dolorosa perda do meu irmão ainda tão jovem. Não que eu ache fácil viver. Mas, vamos lá, respira fundo. Vai dar tudo certo", comentou ao Universa em 2017.

Sobre a doença do irmão, ela relembra como tudo era cercado de mistério e preconceito. "Nós tínhamos dinheiro e podíamos acompanhar a evolução das drogas para tratar a doença. Mas ainda assim, vivíamos um segredo. Era quase proibido falar abertamente sobre nosso convívio com uma pessoa soropositiva. Vi de perto a exclusão e o preconceito. Vi também muitos doentes serem abandonados por todos, sem nenhum apoio emocional. Essa, para mim, foi a pior parte", explicou na mesma entrevista.

Carolina Ferraz: Polêmica com a Globo

Carolina Ferraz por trás das câmeras do Domingo Espetacular: Tragédias, namoros e tretas

Com 52 anos, a artista virou um dos primeiros memes da internet brasileira com a famigerada frase "Eu sou rica", proferida por sua personagem em Beleza Pura. Mas se engana quem pensa que Carolina não é polêmica. Tanto que, após uma relação de mais de 30 anos com a Globo, ao perder seu contrato fixo em 2017, ela decidiu processar a emissora carioca na Justiça do Trabalho, exigindo o pagamento de FGTS, Férias, 13º, entre outros

"Amo meu ofício. Eu amo o que eu faço e sou atriz de alma, mesmo. Saí da Globo tranquila. Está todo mundo feliz. Tanto da parte de cá, quanto de lá. Eu sou boa empregada e eles, bons patrões", revelou ela ao Programa do Porchat, na época na Record.

"Todo mundo acha que é um tabu falar sobre isso. Eu acho que toda a realidade do mercado mudou. Graças a Deus, né? Há dez anos, você realmente só tinha um lugar para fazer as coisas, para trabalhar. Hoje em dia, não", garantiu ela a Fábio Porchat. E por causa desse trauma em deixar a Globo de forma nada amistosa, Ferraz comentou que não pretende mais fazer novelas. "Eu vou continuar atuando. Vou fazer uma minissérie, vou fazer um cinema. Vou fazer uma participação. Isso está decidido", contou em entrevista a Antônia Fontenelle no início do ano.

Carolina Ferraz: Briga com Du Moscovis

Carolina Ferraz por trás das câmeras do Domingo Espetacular: Tragédias, namoros e tretas

Carolina Ferraz viveu um dos mais intensos romances da dramaturgia brasileira com a novela Por Amor, exibida originalmente em 1997 e que foi reprisada no ano passado no Vale a Pena Ver de Novo. Na pele da jovem milionária Milena, o Brasil torceu pelo envolvimento da personagem com Nando, o pobretão vivido por Du Moscovis. As sequências do casal eram tão fortes e reais, que muita gente teve certeza que havia se formado um casal também na vida real.

“A invasão dos fotógrafos era muito agressiva, era punk e teve um impacto nas nossas vidas. Foi tão grande que teve uma hora que o Du parou de falar comigo, a gente nunca teve caso, nunca rolou nada, nem flerte. O Du é um baita ator, um cara muito bacana, ótima pessoa. A gente nunca brigou", revelou ela em entrevista ao Canal 90 no YouTube, também em 2020 e se referindo ao trabalho dos paparazzi na época da novela.

“O Du cumprimentava a Maria, o Carlos, pulava a Carolina e falava com o Rick. Era muito ostensivo, eu acho que ele se fechou ali também pra conseguir passar por tudo isso. Mas na hora da cena, na hora de gravar, ele confiava em mim, eu confiava nele e a gente fazia da melhor forma possível. Mas a gente não tinha relação nenhuma fora dos estúdios, praticamente a gente nem falava”, garantiu.

Carolina Ferraz: Maternidade

Carolina Ferraz por trás das câmeras do Domingo Espetacular: Tragédias, namoros e tretas

A atriz e apresentadora, mãe de duas filhas, já revelou que teve dificuldades para engravidar. "Fiz tratamento para engravidar. Eu tive muita sorte, fiquei grávida logo de cara, já na segunda tentativa. Fiz uns quatro meses de tratamento. Mas, depois, passei mais três meses tomando hormônios, fiquei inchada. Acho que muitas mulheres devem passar por isso e talvez não saibam lidar, como eu também continuo sem saber. Tive uma depressão chatíssima", falou em entrevista à Contigo em 2017.

Sua primeira filha, Valentina, nasceu em 1995 e vive nos EUA, já casada e deu até um neto para Carolina. Já Anna, a segunda filha e fruto de outra relação, veio ao mundo em 2015, com vinte anos diferença para a primeira. Por conta da perda do irmão, ela diz que abre o jogo com as filhas. "Como mãe sou meio exagerada. Digo a Valentina sempre que AIDS existe e que não é brincadeira. Tem que usar camisinha, sim! Tem que ter consciência. Na nossa família temos informação e sou aberta para discutir qualquer assunto", garantiu ao Universa.

Carolina Ferraz namoradeira

Carolina Ferraz por trás das câmeras do Domingo Espetacular: Tragédias, namoros e tretas

Se no trabalho Ferraz teve uma vida intensa, no campo afetivo não foi diferente. Seu primeiro namorado foi logo aos 17 anos, o cantor Kiko Zambianchi, com quem foi morar junto logo com poucos meses de relação, mas não durou, já que em 1987 o casal se separou. Ela engatou um romance com o diretor Mario Cohen no mesmo ano e em 88 já estavam morando juntos. Se casaram somente seis anos depois e, no ano seguinte em 1995, nasceu a primeira filha de Carolina. Em 1998, já depois de Por Amor, se separou do marido.

No ano seguinte, muita gente se surpreendeu com o anúncio de que Carolina estava namorando Murilo Benício, seu irmão na trama de Manoel Carlos. Os dois também foram morar juntos e permaneceram unidos até 2002. Nos dois anos seguintes, ela esteve com Felipe Barahona e em 2005 namorou um dos atuais manda-chuvas da Globo, Ricardo Waddington. Um ano depois, assumiu a relação com o empresário turco Ediz Elhadif, com quem permaneceu numa relação com direito a ponte aérea constante, até 2011.

Em 2012, Ferraz assumiu um romance com Marcelo Marins e dois anos depois ficou grávida de sua segunda filha. Ela chegou a anunciar a separação com o médico em 2018, mas reatou em 2019 e permanecem juntos.

Carolina Ferraz: Vida profissional

Carolina Ferraz surgiu na TV como apresentadora. Em 1987 foi titular do programa Shock, da TV Manchete, onde ficou por três anos. Também comandou, no mesmo ano, o Programa de Domingo, onde permaneceu até 1992. Ainda na Manchete, ela estreou como atriz em 1990 ao ganhar um papel na icônica Pantanal, que deve ganhar um remake no Globoplay.

Entre 1992 e 1993 foi apresentadora do Fantástico e em 93 também comandou o Você Decide. Foi neste ano que sua carreira como atriz deslanchou ao aceitar o papel de Bruna em O Mapa da Mina. A partir daí foram 16 novelas, entre elas obras icônicas como a própria Por Amor, Belíssima e Avenida Brasil. Também participou de outas nove produções no canal, entre séries e minisséries e foi apresentadora no ano 2000 do Cinema Especial, que exibiu o filme Titanic.

Agora, ela inicia nova trajetória como titular do Domingo Espetacular e já chegou na Record vendo seu colega de emissora, César Filho, cometer uma gafe com ela quando Carolina visitou o programa Hoje em Dia. E o canal busca um modelo mais leve para a revista eletrônica com a contratação da artista.

Mais Notícias