Reportar erro
Fora do ar

Em briga judicial com a Globo, Carolina Ferraz crava: "Nunca mais vou fazer novela"

Atriz quer se enveredar por outros projetos

Antônia Fontenelle entrevistando Carolina Ferraz
Carolina Ferraz abriu o jogo e garantiu que não fará mais novelas. Foto: Reprodução/Youtube
Redação NT

Publicado em 10/12/2019 às 21:50:07

Carolina Ferraz nunca mais será vista numa novela. Quem disse isso foi a própria atriz que está no ar atualmente na reprise de Avenida Brasil no Vale a Pena Ver de Novo. Ela fez a afirmação durante entrevista para o canal Na Lata, de Antônia Fontenelle no Youtube e que foi divulgada na última terça-feira (09)

Durante a entrevista que falou de diversos temas, Carolina aproveitou para garantir que não pretende voltar para o formato que a consagrou, as novelas. Questionada por Fontenelle que garantiu ter lido em algum lugar que ela não tinha mais interesse em atuar nessas tramas, a atriz foi enfática. "Não, nunca mais vou fazer novelas".

Enquanto a entrevistadora deu risada por conta da honestidade de sua convidada, Ferraz aproveitou para explicar a decisão. "Isso está morto, enterrado e muito bem resolvido", cravou. E ela deixou claro que não se trata de ter aberto mão de trabalhar como atriz, em decisão semelhante ao que fez Ana Paula Arósio, mas é apenas no formato.

"Eu vou continuar atuando. Vou fazer uma minissérie, vou fazer um cinema. Vou fazer uma participação", disse ela de forma categórica sem falar especificamente se existe algum projeto futuro na área de dramaturgia para ela, assim como Bruno Gagliasso que anunciou nesta quarta-feira (10) que foi contratado pela Netflix.

Papel inesquecível de Carolina Ferraz

Sem deixar com que a atriz se mantivesse no tema do afastamento das telenovelas, a apresentadora fez questão de questionar qual o papel inesquecível da carreira de Carolina Ferraz. Fontenelle chegou a citar que a artista fez vários trabalhos com Manoel Carlos, por isso a resposta surpreendeu.

"Eu gosto muito do Carlos Lombardi quando ele me deu de presente a Rubi, que foi a primeira personagem declaradamente cômica que eu percebi", explicou se referindo a personagem de Kubanakan (2003). Mas Carolina também não deixou de falar de Manoel Carlos. "O Maneco entendeu que eu era engraçada. Ele entendeu que eu fazia uma coisa que não tem muito aqui que os americanos fazem muito que é a comédia romântica", explicou.

Mais Notícias
Outros Famosos