Briga

José de Abreu volta a rebater Lacombe: "Uso meu direito de livre expressão"

Ator da Globo respondeu apresentador da Band novamente no Twitter

José de Abreu volta a rebater Lacombe:

Publicado em 12/07/2019 às 09:23:56 ,
atualizado em 12/07/2019 às 09:38:40

Por: Naian Lucas

A briga entre José de Abreu e Luís Ernesto Lacombe ganhou mais um capítulo na última quinta-feira (11). Após o apresentador do “Aqui na Band” questionar as normas da Globo e pedir a volta de William Waack, José Mayer e Mauro Naves, o ator se manifestou novamente no Twitter e detalhou aos seus seguidores algumas regras da emissora.

“Herr La Kombi [Luís Ernesto Lacombe] deu três exemplos de demitidos da Globo para justificar seu espanto em eu não ser. Eu disse que ele não conhecia a Globo. Agora mostro: Os três exemplos foram de comportamento em serviço”, iniciou José de Abreu, atualmente no ar em " A Dona do Pedaço".

“Meu comportamento, de uma pessoa 'intratável' (quem me julga? Um jornalista que não conhece a empresa depois de 25 anos de casa? Pergunte para o elenco que hoje contracena comigo se sou intratável), foi fora do meu horário de trabalho e de nível pessoal!”, acrescentou.

“Uso simplesmente meu direito constitucional de livre expressão. E outra: Uma pesquisa no Google mostra que 'a Globo não interfere na vida pessoal de seus contratados'. Tenho dito. (Soube agora que ele disse que não pediu minha demissão, uma atitude deplorável). Retiro o Herr”, finalizou.

As tuítadas surgiram depois que Lacombe deu entrevista exclusiva ao NaTelinha e questionou um suposto uso de “dois pesos e duas medidas” nas normas da rede carioca.

“Eu não consigo entender. Eu acho que o ambiente democrático faz com que as pessoas sejam obrigadas a conviver com o contrário, com ideias opostas a dela. Por que algumas pessoas são enquadradas e outras não? Há um perdão a ele que eu estranho. Não quero a cabeça dele não, quero o William Waack, o José Mayer e o Mauro Naves de volta”, declarou.

José de Abreu x Luís Ernesto Lacombe

Na terça-feira (09), o “Aqui na Band” repercutiu o bate-boca da autora Glória Perez com o ator da Globo. Ele saiu em defesa da roteirista e defendeu que a sua antiga emissora tomasse providências sérias contra Zé de Abreu.

“José de Abreu é uma pessoa muito desorientada não tem a menor ideia do que é democracia. Não aceita ninguém que tenha opiniões contrarias a dele. Eu fico muito impressionado, é algo que sempre penso, vamos lembrar o Willian Waack que fez realmente um comentário infeliz, racista, que teve o contrato rescindo e foi dispensado. José Mayer foi acusado de assédio sexual e também foi dispensado", iniciou o jornalista.

“José de Abreu pode xingar as pessoas e os colegas de trabalho, pode cuspir num casal que estava no mesmo restaurante que ele e tudo bem. Eu não consigo entender os dois pesos...", ressaltou.

“Eu não consigo entender os dois pesos e medidas de uma pessoa que não tem ideia do convívio entre o contraditório de pessoas que têm opiniões diferentes da dele. Uma pessoa intratável que se chega a esse nível de citar o assassino da filha da Gloria Perez é algo tão doentio, tão absurdo". Silvia Poppovic completa o comentário: "foi realmente tosco esse comentário”, completa.

Revide

Ao saber da declaração do ex-colega de emissora, José de Abreu não perdeu tempo e o provocou. "Não faço ideia de quem seja. Não sabe nada da Globo: as normas de conduta de jornalistas são completamente diferentes das dos atores. Eles sempre são eles na tela, nós sempre somos personagens, isso muda tudo. Eles têm compromisso com a verdade, nós com a mentira, a ficção”.

“Vejam quem me ataca: Gentilli, Sonia Abraão (sic), Alexandre Frota, Narizinho Nunes, e agora esse demitido Lacombe, que foi tirado até do próprio programa! E o ibope dele é o 5o, perde até da Cultura! To de boa”, atacou.

Polêmica de José de Abreu e Gloria Perez

O ator global resolveu publicar a famosa autora em relação ao seu posicionamento político, algo que foi bastante criticado em vista que ele incluiu em seu argumento o assassino de Danielle Perez, filha de Gloria. “O Brasil está tão doido que vemos Guilherme de Pádua e Gloria Perez apoiando o mesmo espectro político! Que tempos!“, disparou.

Não demorou muito para que a própria Gloria resolvesse se manifestar sobre a fala de Abreu. “Você é muito canalha! Não vou revidar lembrando sua tragédia pessoal. É block e mais nada!“, respondeu.

Depois disso, o famoso tentou justificar sua fala, afirmando que não tinha a intenção de "magoar" Gloria.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!