Série

Televisa inicia gravações da nova versão de "A Usurpadora"

Nova "A Usurpadora" irá ao ar em plataforma de streaming

Televisa inicia gravações da nova versão de
Os protagonistas da nova "A Usurpadora"

Fabrício Falcheti
i

Fabrício Falcheti

Publicitário e jornalista pós-graduado, Fabrício Falcheti é sócio-fundador e editor-chefe do NaTelinha. MTB: 0061456/SP

Publicado em 25/04/2019 às 17:30:47

A Televisa iniciou nesta quinta-feira (25) as gravações da nova versão de "A Usurpadora", que irá para uma nova plataforma da empresa mexicana no formato de série.

Depois de Gaby Spanic interpretar as icônicas Paola e Paulina Bracho em 1998, os papeis agora ficaram para Sandra Echeverria, que foi a Jade na versão latina de "O Clone".

O início das gravações da série foram destacadas pela Televisa em um de seus perfis no Twitter, que marcou os três protagonistas da história - Sandra, Andrés Palacios (que será o novo Carlos Daniel) e Arap Bethke - e escreveu: "No 'claquetazo' da nova versão de #AUsurpadora", escreveu, citando a ação com a claquete inicia as filmagens. A equipe presente aplaudiu o momento.

Dessa vez, “A Usurpadora” terá como pano de fundo uma história política. Para tal, Paola e Paulina acabarão se tornando a primeira dama do México.

A família Bracho, na nova versão, passará a ser a família Miranda. Paola será a esposa do presidente do México e, entediada com a própria vida, irá armar para que Paulina seja obrigada a tomar seu lugar e se passar pela primeira dama do México.

A decisão, segundo a mídia local, em colocar tudo num pano de fundo político, se deu justamente por conta do sucesso que séries políticas têm feito em todos os países do mundo.

A Televisa ainda não confirmou a data para o lançamento da série “A Usurpadora”, mas a tendência é que os episódios - 25 no total - comecem a ser liberados ainda em 2019.

A novidade faz parte do projeto "Fábrica dos Sonhos", em que a gigante mexicana pretende resgatar vários de seus clássicos em formato de série para o streaming.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!