Lista NT

Os segredos de Stranger Things: Plágio, cadáver real e chororô

Série é um fenômeno pop no mundo todo


Cena de Stranger Things, da Netflix
Stranger Things é um fenômeno e teve muitos bastidores - Foto: Reprodução/Netflix
Por Redação NT

Publicado em 02/06/2022 às 05:27:00,
atualizado em 02/06/2022 às 08:30:33

A quarta temporada de Stranger Things já foi disponibilizada pela Netflix, mas a série, que entrou no ar alguns anos atrás, tem muitas curiosidades. Desde o chororô da grande protagonista da história, Millie Bobby Brown até mesmo acusação de plágio. Os problemas também foram complicados no lançamento do fenômeno do streaming e que já ganhou até indicação ao Emmy.

Enquanto a Netflix enfrenta crise, a série salvou a plataforma de outro trimestre problemático, já que conseguiu um imenso número de assinantes no Brasil. Mas ninguém imaginou que seriam muitos os problemas quando Stranger Things foi lançado, tanto que a série ganhou críticas por conta da classificação indicativa, logo no lançamento da primeira temporada.

Isso se deu por conta do excesso de aparição de pessoas fumando em cena. A controvérsia aconteceu após a série ter sido alvo de um estudo para uma pesquisa publicada pela Truth Initiative, uma instituição americana de combate ao tabagismo. O resultado do trabalho comprovou que, entre a primeira e a segunda temporada, os personagens aparecem fumando em 262 cenas. Número considerado excessivo.

Depois disso, a Netflix chegou a se posicionar publicamente, afirmando que diminuiria a quantidade de personagens fumantes em todas as suas produções com restrição de idade para menores de 14 anos. "A Netflix apoia profundamente a liberdade artística, mas também reconhecemos que fumar é prejudicial à saúde e quando retratado de forma positiva em tela pode influenciar jovens.”

Plágio em Stranger Things?

imagem-texto

No ano de 2018, os criadores da série, irmãos Duffer, se envolveram em uma polêmica pesada, uma acusação de plágio. Os showrunners foram processados por Charlie Kessler, cineasta, que alegou que Stranger Things é uma cópia estendida de seu curta-metragem chamado Montauk, e que foi ao ar em 2011.

O enredo é semelhante ao da primeira temporada da série, que estreou apenas cinco anos depois. No processo, o cineasta disse ter mostrado o roteiro do filme para os Duffer no Festival Tribeca, em 2014, mas eles não se mostraram interessados. Em 2015, o título inicial de Stranger Things era The Montauk Project. A história acabou quando Charlie desistiu do processo. No comunicado emitido por seu advogado, o cineasta reconheceu que os irmãos Duffer “criaram independentemente o programa”.

Cadáver em Stranger Things

Os segredos de Stranger Things: Plágio, cadáver real e chororô

Quando Will Byers (Noah Schnapp) vai para o mundo invertido, logo na primeira temporada, ele acaba vivendo por momentos terríveis, inclusive uma sequência em que seu corpo parece ser sugado depois de ter morrido. Essa cena em especial foi aterrorizante para a mãe do ator, já que os produtores da série encomendaram um cadáver falso com a mesma aparência de Noah. Nem a mãe do ator sabia sobre a decisão e levou um susto ao encontrar o filho “morto”. 

“Imediatamente chamamos a mãe de Noah de lado, dissemos que tínhamos algo para mostrar a ela e a levamos para um armário escuro onde tínhamos deixado o cadáver assustadoramente realista de seu filho. Ela ficou assustada no início, e sentimos que talvez tivéssemos passado dos limites. Mas depois do choque inicial, ela adorou. Em pouco tempo, ela estava tirando fotos com o cadáver falso de seu filho e mandando mensagens de texto para todos os seus amigos. Sim, Noah tem uma mãe muito legal", contaram os produtores

Eleven atrasada em Stranger Things

Os segredos de Stranger Things: Plágio, cadáver real e chororô

Ainda que não fosse uma estrela, Millie Bobby Brown saiu do anonimato para se transformar em queridinha do planeta desde a primeira cena de Eleven. Mas quem vê a personagem, nem imagina que ela deu muito trabalho no set de gravação, não por ter virado estrela, mas por questões do dia a dia, como quando ela apareceu coberta de glitter no corpo todo e atrasou toda uma gravação.

Matt Duffer, criador da série, lembrou que Brown tinha apenas 11 anos e, por isso, ele foi compreensivo. Já o seu irmão Ross acrescentou: “Ela disse: ‘Eu não sei de onde veio esse glitter’. E é como se eu não tivesse esse problema com nenhum dos meus atores adultos. David Harbor nunca apareceria coberto de purpurina. Não sei se você já tentou tirar glitter de alguém, mas é muito difícil. Então, sim, ficamos para trás.”

Choro por causa de Eleven

Os segredos de Stranger Things: Plágio, cadáver real e chororô

Quem viu Eleven desde a primeira cena não tem ideia de como foi difícil construir a personagem por parte da atriz. Millie Bobby Brown era muito diferente de sua misteriosa protagonista e levou um susto ao saber que teria de raspar a cabeça para fazer as cenas da primeira temporada. 

A menina compreendeu, no entanto, a decisão artística e topou raspar os cabelos, mas nem todos tiveram a mesma reação. O pai de Millie. Enquanto a filha cortava o cabelo, o homem começou a chorar e saiu da sala, deixando a menina perplexa.

Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do Telegram.

Participe do grupo
Mais Notícias