Reportar erro
Quarta temporada

Sob Pressão vai discutir HIV na terceira idade e vício em anfetaminas na nova temporada

Nova temporada da série estreia dia 12 de agosto na Globo e terá Arlete Salles e Ary Fontoura como casal com HIV

Arlete Salles e Ary Fontoura em cena de Sob Pressão
Arlete Salles e Ary Fontoura formam um casal com HIV em Sob Pressão - João Faissal/Globo
Marcela Ribeiro

Publicado em 04/08/2021 às 17:15:35,
atualizado em 04/08/2021 às 17:19:19

A nova temporada de Sob Pressão estreia no próximo dia 12 na Globo. Desta vez, os médicos enfrentam todos os problemas da saúde pública em um hospital de grande porte, localizado no Centro do Rio. A série vai debater temas como HIV na terceira idade, nos personagens de Arlete Salles e Ary Fontoura, o racismo e vício em anfetamina.

"A gente tenta colocar temas relevantes, quase que em todas temporadas. Não é a primeira vez que a gente fala de racismo, HIV, feminicídio. Durante uma pesquisa, a gente chegou uma questão que tinha aumentado em 600% o HIV na terceira idade, a mesma coisa o racismo, a homofobia...", comentou o autor Lucas Paraizo na coletiva virtual da série que aconteceu nesta quarta-feira (4). A quinta temporada de Sob Pressão está confirmada e deve começar a ser gravada ainda neste ano, com estreia no Globoplay.

"O nosso desejo é que essa temporada traga a esperança, que ela seja o motor com relação aos relacionamentos, a vida e a melhora da saúde no nosso país", completou o diretor artístico Andrucha Waddington.

A infectologista Vera (Drica Moraes) vai enfrentar um drama familiar pessoal com o filho Leonardo (João Vítor Silva), que reencontrou na última leva de episódios após oito anos. A médica descobre que o jovem falsificou sua assinatura para preparar um receituário e comprar anfetamina, alegando que precisa se concentrar melhor para o vestibular.

"Ter um filho como protagonista da vida isso é muito meu. Na ficção, o filho também é entorpecido, ele aparece viciado, essa confirmação de que ninguém escapa dos entorpecentes, nesta questão das drogas, que é outra questão social, que está aí, o rivotril, álcool, cigarro, anfetamina, a gente vive se aliviando na base de uma droga", conta Drica.

Sob Pressão vai discutir HIV na terceira idade e vício em anfetaminas na nova temporada

O autor disse que essa quarta temporada foi construída em dois pilares: o da saúde e a vida pessoal dos protagonistas. Evandro (Julio Andrade) e Carolina (Marjorie Estiano) serão surpreendidos com a chegada do menino Francisco, após Diana (Ana Flávia Cavalcanti) procurar o médico para pedir socorro e descobrir de repente que pode ser o pai do menino.

"Essa coisa da família que a gente não escolhe, foi muito importante, depois de ter passado pelo Covid, pela quase morte, o Evandro ficou mais calmo, deu mais atenção para a vida pessoal. Estou aos poucos me despedindo desse personagem e agradecendo tudo o que vivi e o quanto emprestei a minha vida para ele. Nesta temporada tem muito da minha relação com a vida, a família, isso me pega e me emociona. Tem esse ingrediente a mais como ator", falou Julio.

Sob Pressão fará campanha nacional para incentivar a doação de sangue

A partir do quarto episódio desta temporada, desta vez com Décio como diretor do hospital, a Globo vai iniciar uma campanha incentivando a doação de sangue, já que os bancos de sangue do país estão desfalcados por conta da pandemia.

O autor lembrou que na primeira temporada, a série fez uma campanha incentivando a doação de órgãos e o resultado foi ver o número saltar de 300 para 8 mil. "Quando a gente entende a potência disso, você entende o valor do trabalho de uma maneira muito concreta. Essa experiência é muito concreta", diz ele.



Mais Notícias