Reportar erro
Na história

Relembre os artistas de Um Maluco no Pedaço que já morreram

Vários nomes importantes dos EUA que passaram na produção faleceram

Elenco de Um Maluco no Pedaço
Elenco de Um Maluco no Pedaço - Foto: Reprodução

Redação NT

Publicado em 07/04/2021 às 07:15:00

Há 25 anos, Um Maluco no Pedaço dava adeus ao público dos Estados Unidos e entrava na história como uma das séries de maior sucesso da TV mundial, revelando Will Smith. Ao longo das duas últimas décadas e meia, vários artistas que passaram pela produção já morreram.

A série que tem no elenco nomes como Alfonso Ribeiro, Dahpne Maxwell Reid, James Avery, Janet Hubert-Whitten, Joseph Marcell, Karyn Parsons, Ross Bagley e Tatyana Ali está fora do ar na TV aberta desde 2015, quando o SBT optou por não renovar os direitos de transmissão, mas atualmente pode ser vista no Globoplay, Amazon Prime Video e Comedy Central.

Exibida originalmente pela NBC, a série que colocou Will Smith no cenário de sucesso, estreou em 10 de setembro de 1990 e contou com 148 episódios divididos em seis temporadas. A história da série girava em torno de Will (Will Smith), que depois de uma briga com alguns valentões em Filadélfia, é mandado pela mãe para morar com a irmã Vivian e o eterno tio Phil, em Los Angeles. O jovem demora a se acostumar à nova atmosfera, mas toma gosta pela mansão, família e novo universo.

Confira:

James Avery

Nascido em 1945, o ator iniciou sua carreira na década de 1980 ao atuar em séries de TV, como Hill Street Blues e LA Law. Contudo, nos anos de 1990, ele ganhou muita fama ao interpretar Philip Banks (o Tio Phil), em Um Maluco no Pedaço (1990-1996), seu maior papel. O personagem entrou na lista dos 50 melhores pais de televisão de todos os tempos da TV Guide.

Ele também se destacou ao fazer as dublagens de Shredder na série animada Teenage Mutant Ninja Turtles original e o Máquina de Combate na série Iron Man. O ator ainda deu voz de Junkyard Dog em Hulk Hogan's Rock 'n' Wrestling (1985-86), Turbo em Rambo and the Forces of Freedom (1986) e Haroud Hazi Bin na série Aladdin (1994).

Nos últimos anos, atuou em diversos filmes e séries dos Estados Unidos, como os episódios de CSI, Crossing Jordan, All about the Andersons e a série My wife and Kids, That's So Raven e All of us. Antes de morrer, ele apareceu na oitava temporada de Grey's Anatomy. Ele morreu 2013.

Gary Coleman

Protagonista de Arnold, ele fez muito sucesso por causa do seu tamanho devido a uma disfunção renal que o impediu de crescer. Fez muitos sucessos ao aparecer em comerciais nos Estados Unidos e ganhou um desenho próprio, The Gary Coleman Show (exibido no Brasil pela Rede Manchete, com o nome Andy, o Anjinho da Guarda).

Com o fim de Arnold, em 1986, Gary fez pequenas aparições em séries e filmes, contudo, foi sendo deixado de lado por diretores e produtores. Por causa disso, tentou se suicidar duas vezes e processou seus pais e empresários por roubarem todo o seu dinheiro.

Chegou a ser preso após agredir um fã em um shopping. Foi processado e pagou todas as despesas médicas. Neste período, apareceu em Um Maluco do Pedaço, onde ele e seu pai vão à mansão dos Banks com o objetivo de comprá-la.

Sem dinheiro, arrumou emprego de segurança em um shopping. Em 2003, concorreu ao governo da Califórnia, mas perdeu para Arnold Schwarzenegger. Ele participou de Eu, a Patroa e as Crianças e sua última aparição na TV acontece na série Drake & Josh. Sua morte aconteceu em 2010.

Conrad Bain

Nascido em 1923, ele foi contratado pela Stratford (Ontario) Festival de Shakespeare, na década de 1950. Em 1956, foi contratado como ator de estádio no Broadway renascimento de Eugene O'Neill's Cometa do ladrão de jóias. A crítica especializada se derreteu de elogios para ele.

Ele conseguiu ter uma carreira de muito sucesso no teatro, incluindo Cândido, Conselho e Permissão. Neste período, também começou a trabalhar na televisão, fazendo papel na novela Sombras Escuras como o inquilino de uma cidade durante a primeira e segunda temporada.

Nos anos de 1970, trabalhou nos filmes Amantes e Outros Estrangeiros e As bananas do Woody Allen. No mesmo período, o ator começou a ganhar reconhecimento nacional por causa dos seus papeis como Dr. Arthur Harmon em Maude e Phillip Drummond em Arnold. Em 1996, participou da série Um Maluco no Pedaço. Ele morreu aos 89 anos, em 2013.

Sherman Hemsley

Nascido em 1938, o ator trabalhou nas séries The Jeffersons, Tudo em Família e Um Maluco no Pedaço. Sua morte aconteceu em 2012, em sua casa, localizada em El Paso, no Texas. Seu falecimento ocorreu por causas naturais.

Seu papel mais conhecido foi o personagem George Jefferson, em The Jeffersons, acumulando indicações ao Emmy – prêmio da TV mais importante dos Estados Unidos – e Globo de Ouro. Ele também teve muito sucesso na Broadway por causa do seu trabalho em Purlie.

Em 1992, tentou ensaiar uma carreira como cantor, lançando o disco Dance, com foco em RB. Ele também atuou em algumas produções do cinema, sendo que a última aconteceu em American Pie: O livro do amor" (2009).

Pat Morita

O ator morreu em 2005, aos 73 anos, em sua casa em Las Vegas, Nevada. O artista foi o primeiro nipo-americano a ser indicado ao Oscar por sua atuação em Karatê Kid (1984), mas não levou o prêmio de coadjuvante.

Seu personagem Daniel-san fez muito sucesso em diversos países do mundo, mesmo ele tendo feito mais de 100 personagens em séries de filmes. Seu primeiro trabalho no cinema aconteceu em 1967, como figurante, na comédia musical Thoroughly modern Millie. Sua participação em Um Maluco no Pedaço em 1994.

B.B. King

O músico morreu aos 89 anos, em 2015, e deixou um grande legado na música dos Estados Unidos. O guitarrista venceu 16 prêmios Grammy, tendo mais de 50 CDs em quase seis décadas de carreira com canções como como Three o’clock blues, The thrill is gone, When love comes to town, entre outros.

Considerado um dos artistas mais influentes de todos os tempos, ele inspirou grandes guitarristas, como Stevie Ray Vaughan, Jeff Beck, Jimi Hendrix, George Harrison, Buddy Guy e Eric Clapton. Também entrou na lista dos 100 maiores guitarristas de todos os tempos pela revista Rolling Stones.

Dick Clark

Richard Dick nasceu em 1929 e morreu em 2012, aos 82 anos. Ele foi um apresentador de televisão e participou da série Um Maluco do Pedaço. O comunicador também foi mestre de cerimônias do concurso Miss Universo de 1990 a 1993, substituindo Bob Barker.

Em 2004, sofreu um derrame, obrigando-o a sair da TV. Clark era conhecido do público por ter comandado durante muitos anos o show de Réveillon da Times Square, na ABC Ele também comandou uma atração que lançou grandes nomes da música, como o Jackson Five e Madonna.

Robert Guillaume

Robert nasceu em 1927 e morreu em 2017, aos 89 anos. Sua carreira durou mais de 50 anos e trabalhou em diversas peças de teatro, filmes e séries de televisão, conquistando diversos prêmios e sendo indicado ao Tony Award, pelo musical Guys and Dolls.

Também conquistou dois Emmy (1979-1985), interpretando o personagem Benson DuBois, na série Benson, além de ter sido coroado no Grammy Award, em 1995. Na ocasião, ele venceu o troféu por causa da sua narração no audiolivro do Rei Leão.

Hugh Hefner

Nascido em 1926, ele foi o fundador e editor-chefe da revista Playboy, lançada em 19523. O empresário se formou em Psicologia e também sociologia, trabalhando como cartunista durante muitos anos. Com muita inteligência, expandiu os seus negócios e se tornou uma figura muito conhecida nos Estados Unidos e diversos países do mundo.

A participação do executivo em Um Maluco no Pedaço aconteceu em 1993. Seu falecimento ocorreu em 2017, aos 91 anos, dono de uma fortuna de US$ 43 milhões.

Mais Notícias