Sem outra temporada

Alvo de briga e cancelada, Ilha de Ferro estreia segunda temporada no Globoplay

Série causou tanta discórdia que diretor acabou deixando a plataforma; ele nega

Alvo de briga e cancelada, Ilha de Ferro estreia segunda temporada no Globoplay
Ilha de Ferro lançou nova temporada nesta sexta-feira (25). Foto: Divulgação

Publicado em 25/10/2019 às 16:26:27

Por: Naian Lucas

Ilha de Ferro voltou nesta sexta-feira (25) no Globoplay, mesmo já estando cancelada. A série exclusiva do streaming da Globo teve os episódios de sua segunda temporada liberados, mas não terá continuação, após ter sido alvo de disputa, muita confusão e frustração.

A segunda leva da série foi liberada de forma discreta e sem o mesmo status que tinha quando lançada no ano passado. Já disponível no serviço, o novo ano conta com 10 episódios, dois a menos que na estreia.

Em 2018, Ilha de Ferro ganhou status de uma das principais produções do Globoplay e foi eleita a melhor série internacional pela revista americana Veriety a tal ponto de garantir a segunda temporada antes mesmo do relatório de audiência. Rapidamente, no entanto, se tornou alvo de uma disputa nos bastidores da Globo.

Segundo fontes ouvidas pelo NaTelinha, o diretor das duas temporadas, Afonso Poyart, pouco depois da renovação para o segundo ano, apresentou proposta para garantir a terceira temporada no esquema do que acontece em outros países. Além de acumular a função de diretor, se transformaria numa espécie de showrunner. Ele confirmou que estava negociando para a terceira temporada da série.

Embora contasse com o apoio de João Mesquita, até então chefão da plataforma, Poyart não conseguiu a aprovação da cúpula de dramaturgia da Globo para o projeto. A direção teria entendido que o modelo de showrunner não se enquadra no estilo do grupo.

De acordo com relatos obtidos pela reportagem, Afonso ficou insatisfeito ao ter seu projeto negado, deixou o Globoplay e apresentou uma nova série para a concorrente, a Netflix. Este teria sido um dos pontos que criou uma certa rusga entre João Mesquita e a direção de dramaturgia da Globo.

Ilha de Ferro fora da TV aberta

A série protagonizada por Cauã Reymond e Maria Casadevall foi confirmada para ser exibida na TV aberta em 2019. Ainda em alta no Globoplay, a decisão teria gerado outro entrevero entre a plataforma e a emissora carioca a tal ponto de João Mesquita reclamar com a alta cúpula do grupo.

Para ele, seria inviável conseguir assinantes dentro das metas se o conteúdo original Globoplay fosse levado a TV aberta com uma janela tão curta. O executivo lembrou que tinha a promessa de exclusividade dos produtos durante dois anos, algo que nunca foi cumprido, disseram fontes ao NaTelinha.

No meio do embate, a série acabou cancelada e o investimento em cenários que custou mais de US$ 2 milhões resultou no desmonte de tudo após as gravações da segunda temporada. Sem espaço e se transformando em patinho feio do Grupo Globo, Ilha de Ferro acabou nem indo ao ar na Globo e João Mesquita trocou o Globoplay pela Amazon.

O outro lado

A reportagem entrou em contato com o Globoplay, que não respondeu até a publicação da matéria. Já o diretor Afonso Poyart (foto) negou qualquer falta de acordo ou atrito com o grupo.

"Isso nunca existiu. A Globo apenas decidiu não fazer uma terceira temporada. Por motivos que desconheço mas acredito que foi uma estratégia interna para poder usar os recursos de Ilha de Ferro, que não é uma produção barata, para fazer outros conteúdos originais", disse.

"Fui contratado para fazer uma temporada e fizemos duas, a terceira seria um bônus mas não aconteceu. Não houve nenhum mal entendido ou atrito com a casa. Inclusive estamos conversando sobre novos projetos", completou.


publicidade

LEIA TAMBÉM

publicidade

COMENTÁRIOS

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!