Legítima defesa

Pantanal: Jove reage mal a conselho bolsonarista do pai: "Instrumento de opressão"

Jurado de morte, rapaz se nega a andar armado só para se defender


Jove encara José Leôncio em cena de Pantanal
Jove dá lição de moral em José Leôncio - Reprodução/TV Globo

Nos próximos capítulos de Pantanal, Jove (Jesuíta Barbosa) será jurado de morte por Alcides (Juliano Cazarré). O peão foi inconveniente com Juma (Alanis Guillen) durante a festa de casamento da selvagem com o playboy e leva uma surra do filho de José Leôncio (Marcos Palmeira). Preocupado com o herdeiro, o boiadeiro aconselha o rapaz a andar armado e o neto de Mariana (Selma Egrei) se recusa. 

Apesar de estar disposto a se tornar um peão de verdade, e de assumir os negócios do pecuarista um dia, o jovem ainda é mais a favor do diálogo do que resolver as questões na violência.

O fato de ter saído no braço com Alcides não o fará mudar de ideia. Por isso, Jove fica perplexo quando José Leôncio o aconselha a andar armado daqui para frente alegando legítima defesa.

O filho de Madeleine (Karine Teles) será totalmente contra a ordem do pai, diferente de Tadeu (José Loreto). O peão argumenta que o irmão está na mira jagunço, mas o risco que sua vida corre não será capaz de fazê-lo recuar. Confira!

Em Pantanal, Jove é jurado de morte por Alcides

Pantanal: Jove reage mal a conselho bolsonarista do pai

Nos próximos capítulos de Pantanal, Alcides leva uma surra no casamento de Jove e Juma, e sai da fazenda jurando vingança. Com medo do que pode acontecer com o filho, José Leôncio ordena que o herdeiro passe a andar armado.

"Desgraça nenhuma vai acontecê. Mais nóis, também, num vâmo dá chance pro azar", diz com o revólver na mão. Perplexo, o sobrinho de Irma (Camila Morgado) não só se recusa como dá uma palestrinha sobre o perigo que é portar arma de fogo.

O rapaz alega que nenhum peão da fazenda anda armado, mas Tadeu o rebate. "Nenhum de nóis andâmo jurado de morte!', dispara o filho de Filó.

"Eu sou completamente contra o uso de armas!", rebate o fotógrafo.

"Eu também sô! E num tõ falâno pr'ocê usá... Mais, se fô o caso de precisão, é melhor ocê sabê como usá e tá com ela sempre por perto", insiste o rei do gado. Jove compra briga com o pai.

"Esse tipo de argumento sem sentido que faz os índices de homicídios e violência aumentarem, dia após dia", começa a palestrar, o rapaz. "Ocê num vai usá isso pra machucar ninguém, vai usá pra legítima defesa", justifica, José Leôncio.

"Com todo respeito, pai, mas as estatísticas provam o contrário. Quanto mais armas circulam por aí, maiores os casos de homicídios... Isso sem contar acidentes, aumento de suicídios. E o Brasil dobrou o número de armas nas mãos de civis em apenas três anos!', explica o jovem.

José Leôncio apela para a memória do seu pai, afirmando que ele era a favor do porte de arma. e se surpreende quando Jove se nega a acreditar. O sangue sobe, e o pecuarista diz que o filho não conheceu o avô. Mais uma vez o playboy o rebate, alegando que conviveu com o Velho do Rio.

Nisso, Juma se mete na briga dos dois e indaga se tudo isso é apenas por causa de um revólver. A selvagem se oferece até para dar um jeito em Alcides, se for o caso, irritando ainda mais o marido.

"Não é só revólver. É uma arma de fogo, um instrumento de morte, de opressão. Não, isso não é pra mim. Eu não gosto. Sou contra!", grita.

"Muita gente morre de arma na mão, por não saber usar... Ou faz besteira por não terem cabeça para lidar com um poder desse em uma situação extrema", conclui.

A cena está prevista para ir ao ar no capítulo do dia 20 de julho.

NaTelinha divulga todos os dias os resumos dos capítulos, detalhes dos personagens, entrevistas exclusivas com o elenco e spoiler da novela Pantanal. Confira!

Logo Superviral
Se for SURPREENDENTE, é SUPER VIRAL.

Aqui você encontrará os assuntos mais interessantes do momento e conteúdos incríveis. Bichos, fatos históricos, lendas urbanas, viral e muito mais. No Super Viral, o inusitado acontece!

Confira
Mais Notícias