Mar do Sertão

Érico Brás ganha chance em novela após fiasco do Se Joga

Nova novela das 18h terá em grande parte, atores formados por àqueles que pertencem à região Nordeste


Érico Brás olhando assustado pro lado e com fundo preto
Érico Brás estará em próxima novela das 18h, Mar do Sertão - Foto: Reprodução/Instagram
Por Thiago Forato

Publicado em 19/05/2022 às 08:27:44,
atualizado em 19/05/2022 às 08:44:34

Depois de integrar o elenco do extinto Se Joga (2019-2021), tentativa da Globo em vencer a Record no Ibope durante à tarde, Érico Brás se prepara para atuar na novela Mar do Sertão, que sucederá Além da Ilusão na faixa das 18h. A informação é do jornal O Globo desta quinta-feira (19). 

O ator e apresentador é natural de Salvador, Bahia, região do país que promete ter grande parte do elenco. Com o elenco fechado, o que se sabe é que Mar do Sertão vem com ares de superprodução. A obra já sofreu atrasos e mudanças de diretor, mas nada disso impediu que a emissora continue apostando alto para que Mar do Sertão até alavanque os números de audiência de Além da Ilusão.

Grande parte dos atores será de origem nordestina, como Isadora Cruz, a protagonista. Ela é natural da Paraíba, como a maioria dos atores do elenco deve ter a mesma origem da região Nordeste do país. No entanto, Cruz vive em Los Angeles, nos Estados Unidos, e vinha se dedicando ao cinema.

Na Globo, Érico Brás já tem longa carreira

imagem-texto

Aos 43 anos de idade, Érico Brás já ocupa diversos trabalhos na Globo. Ele esteve no elenco de séries como Ó Pai, Ó (2008=2009), Tapas & Beijos (2011-2015), Tomara que Caia (2015) e Zorra (2015-2019). Além disso, atuou em realities como o Dança dos Famosos (2015) e Popstar (2017).

Em 2019, fez parte do Se Joga, projeto da Globo nas tardes que fracassou. Estreando em setembro daquele ano, o programa comandado também por Fernanda Gentil e Fabiana Karla não conseguiu atingir o objetivo e saiu em meio à pandemia de Covid-19, em março, retornando um ano depois, mas aos sábados.

Como Fernanda aceitou o projeto do Zig Zag Arena, o Se Joga acabou definitivamente cancelado e ele saiu da grade de programação. Em entrevista à Fábio Porchat em maio de 2020, Érico Brás culpou o preconceito pelo fiasco do Se Joga. "Nós três temos autocobrança e isso depois fui olhar que era pela diversidade do programa. Tinha eu, o negro, tinha a gordinha nordestina e a jornalista casada com uma mulher. As cobranças em cima das três imagens nas redes sociais vinham forte. Dizia para tirar um e deixar só dois, diziam que o sotaque era pesado, não criticavam o formato", lamentou.

Siga a gente no Instagram

Acompanhe nosso perfil e fique por dentro das quentinhas da TV e famosos

ACESSE!
Mais Notícias