Reportar erro
Um Lugar ao Sol

Cauã Reymond fala de intimidade com Alinne Moraes em novela: "Nos conhecemos no olhar"

Ator também fala das dificuldades em tempos de pandemia

Cauã Reymond e Alinne Moraes em Praga, República Tcheca
Cauã Reymond e Alinne Moraes contracenam em Um Lugar ao Sol - Foto: Divulgação
Redação NT

Publicado em 12/11/2021 às 09:49:46,
atualizado em 12/11/2021 às 09:59:59

Interpretando os gêmeos Christian e Christopher/Renato em Um Lugar ao Sol, Cauã Reymond revive a parceria com Alinne Moraes na ficção. Os dois, que já foram namorados na vida real, viajaram para Praga, na República Tcheca, em janeiro de 2020, antes da pandemia, para as gravações. "Nós nos conhecemos muito no olhar", entrega ao jornal O Globo.

"Por sermos dois atores, a gente encara de maneira natural. Na verdade, já imaginávamos que ia ter um impacto no público. E de fato, em alguns dias tínhamos intimidade para rir de algumas coisas e em outros dias isso surgia de outra forma", acrescentou.

O protagonista também é só elogios ao texto de Lícia Manzo. "É muito complexo, houve também a questão do volume de trabalho somada às dificuldades que a gente vivenciou por conta da pandemia. Foi o maior desafio até aqui", assume.

As gravações com Cauã Reymond

Para gravar, o ator diz que foi usado uma câmera que tinha o apelido de Grace Kelly. O nome se dá à dificuldade de usá-lo. "Ela exigia que eu fizesse tempo dos dois irmãos e uma movimentação específica na cronometragem exata. Fico inseguro de explicar de uma forma chula porque o diretor explicaria melhor. Mas vou tentar: se eu dou cinco passos para a direita e depois dez passos para frente, depois (para gravar como gêmeo, ao lado) tenho que dar cinco passos para a esquerda", detalha.

"Isso falando o texto do personagem. O movimento é no sentido oposto, mas com o mesmo cronômetro. Em todos os momentos da cena eu não posso me adiantar nem me atrasar", relembra.

Na novela, ainda, Cauã contracenou com o irmão Pavel Reymond. Ele foi seu dublê na história. "A gente tem um histórico semelhante com algumsa vivências desses dois caras, né? Então, a gente teve momentos de muita emoção. E eu tenho certeza de que, sem ele, não teria conseguido fazer", assume.



Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias