Reportar erro
Xi...

O Clone: Edna revela paixão e leva fora de Albieri

Geneticista fica inconsolável com a morte trágica de Diogo

Edna beijando Albieri na novela O Clone
Edna revela paixão e leva fora de Albieri - Foto: Reprodução/Globo
Natasha Amaral

Publicado em 15/10/2021 às 12:01:00

Nos próximos capítulos de O Clone, Edna (Nívea Maria) vai criar coragem, revelar todo o sentimento que sente por Albieri (Juca de Oliveira) e tomar uma passa fora daqueles. Inconsolável com a morte trágica de Diogo (Murilo Benício), o geneticista vai afirmar que está sozinho no mundo e ser surpreendido por um beijo da secretária.

"Eu não me conformo, eu não posso me conformar, meu Deus", diz ele, que completa negando a oferta de calmante de Edna: "Não, nesse dia não. Me deixa sentir". "Você não pode ficar nesse estado, Albieri. É até perigoso. Você precisa descansar, vamos lá pro seu quarto, você deita na sua cama", diz ela.

"A vida tem tanta força, Edna. Eu não entendo como ela é frágil, como ela escapa assim. Nunca ninguém me olhou com mais carinho, com mais orgulho que o Diogo. Eu me sentia tão forte quando ele me olhava fascinado pelas coisas que eu fazia no laboratório. Ele me achava um gênio. Imagina, eu, um gênio? Um geneticista de segunda linha".

Durante o desabafo, o personagem de x lamenta sua trajetória. "Eu não fui nada do que podia ter sido. Eu não cheguei a lugar nenhum", afirma Albieri. E Edna bate de frente: "Você é um profissional respeitadíssimo. O teu trabalho tem um padrão internacional e todo mundo diz. Não tem ninguém melhor do que você no Brasil".

"Sonhei tão mais alto. Eu queria ter ficado na Inglaterra pesquisando processos de clonagem. Naquela época, nós éramos fascinados pela ideia de clonar um ser humano, mas aí os investidores desistiram e a gente acaba tendo que entrar pelas portas que se abrem. E eu tô aqui, multiplicando as vacas do Leônidas", conta Albieri.

Inconsolável, Albieri diz que não sabe lidar com a morte e que está sozinho. "Você não está só, eu estou aqui com você. Eu te amo, eu sempre te amei, desde o primeiro dia", diz Edna, que é cortada pela falta de reação do amado.

Em O Clone, Albieri tenta contornar a torta de climão com Edna

O Clone: Edna revela paixão e leva fora de Albieri

"Eu enxerguei tudo errado, eu não tenho nem cara para olhar pra você. Eu pensei que você também gostava de mim", diz ela. E Albieri tenta contornar a situação: "Mas eu gosto muito de você, eu tenho um carinho imenso por você. A última coisa do mundo que eu queria era magoar você. Eu nem sei o que dizer... É que essa possibilidade de amor é uma coisa tão distante de mim".

Na novela O Clone, a secretária, por sua vez, pede desculpas por nutrir sentimentos pelo patrão e ele a repreende. "Eu quem peço desculpas a você, sem querer eu devo ter estimulado esses sentimentos. Eu estou muito vazio, viu, Edna. Acredite mesmo. Eu não tenho capacidade de fazer ninguém feliz. Eu não sei mais amar ninguém", diz ele, impedindo Edna de deixar o local.

"Eu tenho muito medo dessa instabilidade da vida. Tudo muda e acaba de repente. Nada de aviso, nada te prepara. Acho que por isso segui esse caminho da genética, para poder ter um pouco mais de controle sobre isso, me sentir um pouco mais seguro. A gente é a soma do que vive e eu só vivi perdas. Edna, toda vez que eu abri a guarda e me entreguei ao afeto, a morte me puxou o tapete". 




Participe do nosso grupo e receba as notícias mais quentes do momento.

Ao entrar você está ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Participe do grupo
Mais Notícias