Reportar erro
Estreia no SBT

Protagonista de A Usurpadora comenta maior dificuldade de interpretar irmãs gêmeas

A Usurpadora tem estreia nesta quarta-feira (6) no SBT

Sandra Echeverría no Vem pra Cá do SBT
A Usurpadora estreia no SBT e protagonista dá entrevista - Foto: Reprodução/SBT
Redação NT

Publicado em 06/10/2021 às 11:01:14,
atualizado em 06/10/2021 às 11:16:14

Sandra Echeverría comentou sobre A Usurpadora, série que estreia nesta quarta-feira (6) às 22h no SBT. No bloco final do Vem pra Cá, que foi comandado por Gabriel Cartolano e Gaby Cabrini, a protagonista da história revelou uma das grandes dificuldades de compor Paola e Paulina. "Foi um trabalho muito complicado. Paulina vem da Colômbia e Paola do México. Entre as duas, tem que ir e vir com sotaque colombiano e mexicano", elencou no matutino da emissora.

Ela, que tem 36 anos de idade, tinha apenas 13 quando a novela original foi ao ar pela Televisa, no México, em 1998. "Sim, assisti quando era criança, não me lembrava direito da história. Lembro que ficavam todos desesperados na frente da televisão", recordou a atriz, que elogiou Gabriela Spanic pelo talento e beleza.

O fenômeno A Usurpadora

Quando recebeu o convite, Sandra admitiu que ficou nervosa. "Foi um fenômeno tão grande que não queria comparações. Mas, é uma Usurpadora [a de 2019] com um ar muito político e diferente. Está tão bem escrito", continuou ela.

Ela disse ainda que tem saudade do pão de queijo do Brasil. A atriz experimentou a iguaria quando esteve no Rio de Janeiro há alguns anos. "Encontro no México mas não é a mesma coisa", lamentou.

Mais Notícias