Reportar erro
Exclusivo

Bel Kutner diz que Verdades Secretas abordou tabus e comemora reprise

Além da reprise, atriz comemora também estar na primeira novela inédita pós-pandemia

Bel Kutner em foto posada
Bel Kutner é Darlene em Verdades Secretas - Estevam Avellar/TV Globo
Taty Bruzzi

Publicado em 24/08/2021 às 04:00:00,
atualizado em 24/08/2021 às 09:29:18

Sucesso em 2015, Verdades Secretas está de volta a partir desta terça-feira (24). A reprise é um esquenta da Globo para a estreia da segunda temporada da novela, já em fase de produção. A trama de Walcyr Carrasco abordava a prostituição por trás do mundo da moda. Intérprete da Darlene, Bel Kutner avaliou a importância dos temas debatidos no folhetim. "É uma coisa presente na nossa sociedade, e um mega de um tabu", disse ao NaTelinha.

A atriz recordou a preparação para o trabalho na época. "Durante todo o processo foi muito discutida essa questão da manipulação, do poder, do glamour. Como isso pode ser usado para destruir a vida das pessoas, né? E com drogas, com prostituição até de menores de idade, também", lista

Vivendo uma professora na produção, a personagem de Bel foi a primeira a desconfiar de que Angel (Camila Queiroz) estava fazendo "book rosa". "A Darlene era aquele olhar crítico. Aquela pessoa que está ali vendo tudo acontecer e não consegue fazer nada, como certamente acontece com várias pessoas", avalia.

Convidada pelo autor e diretor da novela, Kutner conta que além de um trabalho sensacional, Verdades Secretas lhe deu foi a chance de voltar às suas origens, já que sua mãe, a saudosa Dina Sfat (1938-1989), era de São Paulo.

Bel Kutner diz que Verdades Secretas abordou tabus e comemora reprise

"Verdades Secretas foi uma experiência sensacional! Foi mais um trabalho com o Walcyr [Carrasco] e com o Maurinho [Mauro Mendonça Filho], que são pessoas pelas quais tenho um carinho imenso", elogia.

"Mais uma vez eu fiz um personagem neste universo paulistano, que é, assim, minha origem. Minha mãe era de São Paulo. Eu já morei muito tempo lá. Então, também foi muito bom visitar de novo essa cidade, ficar um tempo e gravar lá", recorda.

Já sobre a volta ao ar da novela, Bel acha que as pessoas podem assistir com um olhar novo. "Adorei saber que teremos a reprise, porque aí a gente já está com outra cabeça para assistir, e acho que foi um trabalho muito importante", avalia.

"Trabalhar com a Drica [Moraes], que é uma atriz sensacional, com todo um elenco incrível, né? E o lançamento dessas meninas geniais, todas muito talentosas, que estão aí brilhando", complementa.

Atriz também está em Nos Tempos do Imperador

Além da reprise de Verdades Secretas, Bel Kutner também pode ser vista em Nos Tempos do Imperador como a Celestina, dama de companhia de Tereza Cristina (Leticia Sabatelli). Escrita por Thereza Falcão e Alessandro Marson, e com direção de Vinícius Coimbra, a produção é a primeira inédita desde que a pandemia começou.

"Estou muito feliz de estar estreando um trabalho na primeira novela pós-pandemia que a Globo lança, inédita, pra falar da história do nosso país, de uma história muito maravilhosa, um Brasil do século XIX", confessa.

Bel Kutner diz que Verdades Secretas abordou tabus e comemora reprise

"Dom Pedro II foi uma figura sensacional! Foi um homem muito culto. Muito interessante, assim, a história, mesmo", opina. "É um respiro, sabe? Acho que as pessoas vão gostar muito. A novela está muito linda", diz.

Kutner finaliza nossa conversa elogiando a escolha do protagonista, além de ressaltar o restante do elenco. "E o Dom Pedro II, nada menos que Selton Mello, que está incrível. É um elenco delicioso também de trabalhar. Vários amigos, várias pessoas que já são parte da minha vida. E vamos que vamos!", conclui.