Reportar erro
Tendências

A Gata Comeu: Peças do figurino que voltaram à moda e podem ser usados hoje

Sucesso dos anos 80 está disponível no Globoplay desde junho

Jô e Fábio abraçados
Casal protagonista de A Gata Comeu - Reprodução/TV Globo
Taty Bruzzi

Publicado em 04/07/2021 às 09:29:00,
atualizado em 04/07/2021 às 16:04:09

O Globoplay tem resgatado clássicos da teledramaturgia e desde o dia 7 de junho A Gata Comeu (1985) faz parte do catálogo da plataforma de streaming. Escrita por Ivani Ribeiro, a novela é remake de A Barba Azul, folhetim exibido pela Tupi entre os anos de 1974 e 1975.

A trama tem início quando integrantes de uma excursão naufragam durante viagem a Angra dos Reis, litoral do Rio de Janeiro, e vão parar em uma ilha deserta. Dado como mortos depois que a lancha é levada pela correnteza e se espatifa nas pedras, eles permanecem por cerca de dois meses, sobrevivendo da caça e da pesca.

O grupo era dividido por classes. Liderado por Fábio (Nuno leal Maia), "Os Farrapos" abrigava os alunos do professor e a noiva dele, Paula (Fátima Freire), além do ator Tony Duarte (Roberto Pirillo) e do marinheiro Edson (José Mayer).

Já a "Classe A" era liderado por Jô Penteado (Christiane Torloni), filha de Horácio Penteado (Mauro Mendonça) dono da lancha. Completava o grupo a irmã de criação dela, Lenita (Deborah Evelyn), o casal Gugu (Cláudio Corrêa e Castro - 1928-2005) e Tetê (Marilu Bueno), e o conde Vitório (Laerte Morroni-1932-2005).

A Gata Comeu: Peças do figurino que voltaram à moda e podem ser usados hoje

Começava ali a história de amor e ódio da Lucrécia Bórgia, apelido dado à protagonista por colecionar noivos, e o docente. Seguindo o lema do "bateu, levou", por mais de uma vez Fábio revidou o tapa na cara que levou de Jô. Nos tempos de hoje, de conscientização contra a violência doméstica, isso pode não ser bem visto por todos.

A Gata Comeu repercutiu bem quando foi exibida pela primeira vez, repetiu o sucesso as duas vezes em que foi reprisada pela TV Globo, nos anos de 1989 e 2001, e quando voltou pelo canal a cabo Viva, em 2016.

E se a trama é atemporal, a moda que vem do folhetim também. Muitas das peças e acessórios que ditavam tendências nos anos 80 podem ser encontradas hoje e usadas no dia a dia. Pensando nisso, o NaTelinha destacou itens de três personagens da trama. Confira!

Jô Penteado

A Gata Comeu: Peças do figurino que voltaram à moda e podem ser usados hoje

A heroína interpretada por Christiane Torloni é considerada o papel mais popular da atriz que tinha 28 anos quando a novela foi ao ar pela primeira vez. Ela seguia um estilo contemporâneo, mas sem deixar de lado peças clássicas como o terninho de Coco Chanel.

A Gata Comeu: Peças do figurino que voltaram à moda e podem ser usados hoje

A protagonista lançou várias tendências na época, a começar pelo corte de cabelo, um chanel repicado que caía super bem quando ela usava bandanas e maxi brincos.

A Gata Comeu: Peças do figurino que voltaram à moda e podem ser usados hoje

O maiô super decotado, figurino nas cenas em que a personagem estava ilhada, virou febre entre as telespectadoras. Jô era fã das estampas florais, do xadrez e das listras, da gola canoa, e de peças masculinas como o suspensório e a gravata.

Babi

A Gata Comeu: Peças do figurino que voltaram à moda e podem ser usados hoje

Filha de Gugu e Tetê, a adolescente vivida pela atriz Mayara Magri seguia o estilo despojado de tendências para a época. Foi outra personagem da trama que lançou moda e se existisse hoje em dia seria uma influencer digital.

A Gata Comeu: Peças do figurino que voltaram à moda e podem ser usados hoje

Assim como o maiô da Jô, o corte de cabelo da personagem foi um dos mais copiados durante a exibição do folhetim. Com as madeixar bem curtinhas, batidinho na nuca, mas um rabinho a mostra.

A Gata Comeu: Peças do figurino que voltaram à moda e podem ser usados hoje

A It girl dos anos 80 também adorava estampas e cores vibrantes. Usava muito vestidinho ou minissaia com tênis. Apostava no color block e em acessórios como lencinho amarrado no pulso e os brincos em formato de fechos claire (zíper), além da famosa pochete.

Gláucia

Rival da protagonista, Gláucia, a outra irmã de criação da Jô interpretada pela atriz Bia Sidl, já seguia um estilo mais clássico e discreto. Blazer com saia lápis ou por cima do vestido envelope, por exemplo, não faltavam no guarda roupa da enteada de Horácio Penteado.

A Gata Comeu: Peças do figurino que voltaram à moda e podem ser usados hoje

Não era fã de estampas, mas quase sempre apostava nas cores fortes como o rosa shocking, o roxo e o verde limão. Ela também adorava ombreira, o verdadeiro pavor dos anos 80, usava trench coat e sempre estava de scarpin. Destaque para os brincos de metais com pedras ou miçangas, assim como o tom do batom vinho e as presilhas de cabelo.



Mais Notícias