Reportar erro
Felizardo

Globo define quem será José Leôncio na primeira fase de Pantanal; confira

Canal vai definindo rumos de Pantanal

Claudio Marzo em Pantanal
Claudio Marzo foi José Leôncio na primeira versão de Pantanal - Divulgação
Redação NT

Publicado em 24/06/2021 às 08:50:50,
atualizado em 24/06/2021 às 09:12:52

A Globo decidiu por Renato Góes para interpretar José Leôncio na primeira fase do remake de Pantanal, que terá 19 capítulos, informou o jornal O Globo desta quinta-feira (24). O papel, depois, será de Marcos Palmeira. Já Bruna Linzmeyer será Madeleine, que se casará com o protagonista. A personagem foi de Ingra Lyberato em 1990, na versão da TV Manchete.

Segundo o periódico, ainda, Malu Rodrigues será a irmã de Madeleine. O elenco já faz aulas de prosódia e preparação corporal. A expectativa é que Pantanal comece a ser gravada no início deste segundo semestre. A estreia deve ocorrer em 2022, depois de Um Lugar ao Sol.

Outra atriz que está garantido no elenco é Dira Paes, que será Filó, fazendo par romântico com Marcos Palmeira. Tadeu, seu filho, será vivido por José Loreto, enquanto Osmar Prado será o Velho do Rio. Julia Dalavia fica com o papel de Guta. Outros atores como Murilo Benício e Selma Egrei foram confirmados.

imagem-texto

O orçamento de Pantanal

Conforme noticiado pelo NaTelinha com exclusividade, o orçamento de Pantanal será bem superior ao aprovado para produções da faixa horária, que historicamente já é a mais cara entre os três principais horários de novelas. No novo folhetim, a previsão de investimentos é na ordem de pelo menos 20% superior ao que se costuma gastar em produções contemporâneas do horário das 21h, o que mostra que a nova cúpula da Globo abriu os cofres.

E a explicação é muito simples, segundo fontes ouvidas pela reportagem: Pantanal será, de fato, a primeira novela feita pelas mãos de Ricardo Waddington e José Luiz Villamarim. A nova dupla que comanda o entretenimento e a dramaturgia, respectivamente, assumiu o controle da emissora no final do ano passado, no meio da crise da Covid-19 e, por isso, tiveram de planejar apenas após determinado tempo. Embora venham trabalhando diariamente para colocar o ritmo ideal, tanto Um Lugar ao Sol quanto Nos Tempos do Imperador e Quanto Mais Vida Melhor não são consideradas obras com o DNA da nova cúpula.

Fontes contaram à reportagem que cada capítulo de Pantanal irá beirar a casa de R$ 1 milhão, o que tornará o folhetim um dos mais caros da história da Globo. A reportagem apurou que a intenção da cúpula da emissora é de que a novela seja uma espécie de cartão postal da nova direção, mas também de mostrar para o mundo as belezas e o descaso que a região vem sofrendo ao longo dos últimos anos, mesmo que não seja tratado tema político diretamente no roteiro.



Mais Notícias