Reportar erro
Exclusivo

Nova novela da Globo pode ser adiada para 2022, mesmo sem atraso nas gravações

Sem nova produção, substituta de A Vida da Gente pode ser nova reprise

Selton Mello, Mariana Ximenes e Letícia Sabatella caracterizados para Nos Tempos do Imperador
Novela Nos Tempos do Imperador pode ser adiada de novo - Foto: Divulgação
Daniel César

Publicado em 28/05/2021 às 04:00:00,
atualizado em 28/05/2021 às 10:08:48

Desde 2020 a Globo vem tentando estrear Nos Tempos do Imperador na faixa das 18h, mas devido à pandemia da Covid-19, a trama de Thereza Falcão e Alessandro Marson sofreu com diversas suspensões e, agora, corre o risco de sequer conseguir estrear ainda neste ano, como é a previsão atual. A história protagonizada por Selton Mello pode ir ao ar apenas em 2022, ainda que o cronograma de gravações não esteja atrasado, mas por outro motivo: a emissora carioca não conseguiu aprovar uma substituta.

Como o NaTelinha já havia antecipado, a direção de dramaturgia da Globo suspendeu a novela de Alessandra Poggi por se tratar de uma produção de época e a decisão é a de não produzir novas histórias que não sejam contemporâneas por conta das dificuldades de gravar com o novo protocolo sanitário para evitar a disseminação do coronavírus.

Acontece que, desde que a decisão foi tomada e Além da Ilusão foi suspensa por tempo indeterminado, a Globo começou a correr contra o tempo para aprovar uma história contemporânea e entrar em estúdio a partir de julho para substituir Nos Tempos do Imperador. Fontes dentro da dramaturgia do canal confirmaram que, até o momento, porém, não houve nenhuma sinopse para essa faixa aprovada por mais de um motivo. Um deles é o fato de que os roteiristas da emissora estão apresentando sinopses para outras faixas e as poucas histórias apresentadas não foram de acordo com o que pensa a nova cúpula da área.

Outro problema é que a Globo sequer tem condições de inverter a fila de sinopses aprovadas, como ocorreria em outro momento. Isso porque, a antiga direção da casa havia deixado uma série de novelas com sinal verde para serem produzidas no horário das 18h, mas todas sofrem de um mesmo mal: são de época e, portanto, não entrarão em estúdio em 2021. A decisão de não gravar produções de época é irrevogável enquanto o Brasil tiver qualquer tipo de restrição e a vacina não estiver adiantada no país porque isso faz parte do protocolo da emissora.

A reportagem questionou uma fonte sobre como Nos Tempos do Imperador foi gravada, já que ela é de época e recebeu a informação que a novela somente não foi suspensa como as outras produções porque quando a pandemia começou já haviam mais de 30 capítulos prontos e, pelo menos 20 finalizados. A novela estrearia na semana seguinte ao momento em que a quarentena começou no Brasil e substituiria Éramos Seis (2019).

Nos Tempos do Imperador gravada

Nova novela da Globo pode ser adiada para 2022, mesmo sem atraso nas gravações

Embora tenha gravado em ritmo lento, desde que retomou as gravações, Nos Tempos do Imperador enfrentou poucos problemas e o cronograma determinado no início do ano, que era o de terminar entre julho e agosto, não foi modificado. O elenco segue em estúdio e o NaTelinha apurou que já foram gravados aproximadamente 120 capítulos e que a expectativa é de encerrar os trabalhos, possivelmente na segunda semana de julho.

Isso porque o ritmo de gravação vem sendo bem menos intenso que o necessário, já que a direção consegue entregar entre três e quatro capítulos por semana, muito menos que os seis necessários em tempos normais. Mesmo assim, também houve a demora para que o elenco mais velho pudesse entrar em estúdios e ainda assim o cronograma será cumprido, a menos que a terceira onda se confirme e as gravações sejam interrompidas novamente, o que a Globo considera improvável.

Direção não quer reprise

Nova novela da Globo pode ser adiada para 2022, mesmo sem atraso nas gravações

O NaTelinha apurou que a decisão de uma nova reprise encontra a resistência do diretor de entretenimento, Ricardo Waddington. Para ele é o momento certo das novelas retomarem os caminhos normalmente e voltarem a serem exibidas as produções inéditas. Porém, ele concorda com José Luiz Villamarim de que seria pior estrear uma novela inédita e depois ser obrigado a voltar com uma reprise, num momento em que provavelmente a pandemia já estará controlada, no início do ano que vem, o que poderia acarretar em críticas à emissora.

Como ainda não houve uma sinopse que fosse considerada boa e fácil de gravar com protocolos sanitários, a possibilidade de uma nova reprise depois de A Vida da Gente, prevista para terminar entre o fim de junho e o começo de julho, é bastante real. Mesmo assim, a cúpula de dramaturgia corre contra o tempo para encontrar uma produção que se enquadre com o novo estilo que a direção pretende dar para o setor e, caso consiga, ela deverá entrar em estúdio em tempo recorde, no mais tardar em agosto. Do contrário, nova reprise será programada.

Procurada, a comunicação da Globo informou que a previsão é de que Nos Tempos do Imperador estreie depois de A Vida da Gente.



Mais Notícias